Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

05:24 25 de February de 2021

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:13:41 02/10/2020 |SAÚDE |SUDESTE

Ultima atualização: 18:52 02/10/2020

Santa Casa SJC/Divulgação
Capacidade de realizar internações e cirurgias aumentará em 8 mil

• Com apoio de R$ 32,4 milhões, hospital filantrópico construirá 3 novos pavimentos, aumentando leitos de UTI, de internação e salas cirúrgicas

• Entidade sem fins lucrativos atende pacientes de cerca 40 municípios do Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apoiará o aumento da capacidade de atendimento da Santa Casa de São José dos Campos. Em 2019, o hospital filantrópico realizou mais de 450 mil atendimentos, ambulatoriais e de alta complexidade, a pacientes de 39 municípios do Vale do Paraíba e do Litoral Norte de São Paulo. 

Com financiamento de R$ 32,4 milhões aprovado pelo Banco por meio do programa BNDES Saúde, a entidade construirá três novos pavimentos, ampliando em 55% a disponibilidade dos leitos de UTI (de 55 para 85), em 19% dos leitos de internação (de 116 para 138) e em 30% das salas de cirurgia (de 10 para 13). A capacidade de atendimento de alta complexidade — internações e cirurgias —aumentará em 8 mil, segundo projeções da Santa Casa, mantendo-se a proporção de 60% de atendimento público e 40% privado.

Os recursos do financiamento aprovado pelo Banco também permitirão ao hospital adquirir máquinas e equipamentos nacionais e mobiliário para instalação nos novos andares. Os investimentos devem gerar 150 empregos durante as obras e cerca de 250 empregos no próprio hospital após a conclusão do projeto. Sob o a ótica do BNDES, a operação contribui com o cumprimento das entregas à sociedade previstas no Plano Trienal do Banco, lançado no fim do ano passado. No item Saúde, o objetivo estipulado pelo plano é que, até 2022, sejam construídas ou modernizadas 150 unidades de saúde que atendem ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Primeira instituição do tipo a receber certificação ONA (Organização Nacional de Acreditação), a Santa Casa de São José dos Campos conquistou em 2018 o título “Acredito com Excelência”, mais alto patamar de certificação sobre cultura organizacional. A instituição de 121 anos mantém ainda um instituto de ensino e pesquisa, por meio do qual oferece cursos de extensão, capacitação profissional e residência médica.