BNDES - Agência de Notícias

10:58 24 de Setembro de 2020

Blog do Desenvolvimento

Petróleo e gás |
Infraestrutura |
Indústria naval |
Artigo |
16:00 17/09/2020

P&G: perspectivas para embarcações de apoio marítimo

O mercado de embarcações de apoio marítimo no Brasil é bastante dinâmico. Isso porque, além de o país estar entre os dez maiores produtores mundiais de petróleo e gás natural (P&G), podendo chegar à quinta posição no médio prazo segundo estimativas do Plano Decenal de Expansão de Energia 2029, a produção se dá, predominantemente, em águas profundas. Buscando avaliar as perspectivas do setor, com base no contexto de ligeira recuperação do mercado anterior à pandemia, os autores do artigo Mercado de embarcações de apoio a plataformas de petróleo e gás natural, publicado no BNDES Setorial 51, apresentam cenários para a atividade nos próximos anos.

 

 

Leia Mais

Petróleo e gás |
Infraestrutura |
Gás para o Desenvolvimento |
Relatório |
04:00 15/09/2020

Ampliação da concorrência no mercado de gás natural

A figura do consumidor livre, prevista na Lei do Gás (11.909/09), abre a possibilidade de o usuário final da cadeia de gás natural comprar o energético diretamente do produtor ou de agentes comercializadores, sem abrir mão do uso da rede da companhia distribuidora de gás canalizado. Esse modelo de organização, conhecido internacionalmente como bypass comercial, representa em tese um instrumento de incremento da competição, na medida em que permite  a compra direta de um maior número de comercializadores, pagando-se uma tarifa à distribuidora pelo uso da rede. Entenda quais são os desafios para ampliar a competição no mercado de gás brasileiro, tornando mais efetiva a participação do consumidor livre. 

Leia Mais

Biotecnologia |
Saúde |
Indústria |
Inovação |
16:00 02/09/2020

Caminhos do desenvolvimento da biotecnologia farmacêutica no Brasil

A descoberta da técnica do DNA recombinante pode ser considerada o marco fundador da biotecnologia moderna, permitindo criar células capazes de produzir novas proteínas ou proteínas já encontradas na natureza, em larga escala. Na área de saúde, a biotecnologia avançou em atividades como o desenvolvimento de medicamentos e vacinas, de reagentes para diagnóstico e de materiais médicos e odontológicos, assim como em novos campos como a terapia celular e a terapia gênica. Entenda como se deu a estratégia de incorporação da biotecnologia pelo setor farmacêutico no Brasil. 

Leia Mais

Publicação |
Relatório Anual |
Relato Integrado |
Lançamento |
17:00 20/08/2020

Relato Integrado: especialistas explicam por que adotar

O modelo de relato integrado, lançado em 2013 pelo International Integrated Reporting Council (IIRC), é uma abordagem diferenciada para a elaboração de relatórios corporativos. Perguntamos a cinco especialistas de setores distintos, quais os benefícios decorrentes de seu uso pelas empresas.

Leia Mais

Publicação |
Lançamento |
Setorial |
04:00 20/08/2020

Lançamento: BNDES Setorial 51

A recém-lançada edição 51 do periódico BNDES Setorial traz dois novos artigos sobre temas de interesse nacional. Os trabalhos analisam a biotecnologia no setor farmacêutico e o mercado de embarcações de apoio a plataformas de óleo e gás. 

Leia Mais

Kaizen |
Produtividade |
Gestão |
Publicação |
14:00 14/08/2020

O método kaizen e seus efeitos sobre a gestão de empresas no Brasil

O kaizen é uma prática de gestão originária do Japão e tem como objetivo otimizar processos para gerar bons resultados nas empresas. Literalmente, kaizen quer dizer “mudar para melhor” (em japonês, kai significa “mudar” e zen, “para melhor”). O conceito básico do kaizen é a melhoria contínua com o envolvimento de toda a força de trabalho.

Utilizando um conjunto de dados estratificados por empresa, obtido em pesquisas do IBGE sobre a indústria e sobre a inovação no Brasil, e baseando-se ainda em pesquisas qualitativas, o artigo “Bônus sem ônus? Efeitos do kaizen sobre as empresas brasileiras” avalia os impactos dessa ferramenta sobre o desempenho das empresas nacionais.

Leia Mais

Stewardship |
Mercado de capitais |
ESG |
Publicação |
14:00 06/08/2020

O papel dos investidores institucionais na governança de suas companhias investidas

A percepção da relevância do papel dos acionistas na governança corporativa de suas companhias investidas vem crescendo. Na década de 2000 surgiram os primeiros códigos de stewardship, com o objetivo de indicar as melhores práticas de atuação dos gestores de recursos próprios e/ou de terceiros na administração dos valores mobiliários sob sua gestão. Conheça os princípios do Código de Stewardship da Associação dos Investidores no Mercado de Capitais (AMEC) e entenda como eles podem contribuir para promover o senso de propriedade nos investidores institucionais e estimular padrões de engajamento responsável.

Leia Mais

Desenvolvimento |
MPMEs |
Crédito |
02:00 04/08/2020

FIDC como instrumento de ampliação do acesso a crédito

Os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) são veículos de investimento coletivo, destinados à aplicação em direitos e títulos representativos de crédito, também denominados direitos creditórios. Por serem fundos estruturados e restritos a investidores qualificados, eles têm mais flexibilidade no tipo de crédito em que podem investir. Entenda como o uso de FIDCs pode contribuir para ampliar o alcance e a capilaridade do mercado de crédito e saiba mais sobre o investimento do BNDES nesse tipo de fundo. 

Leia Mais

de 29 páginas
* campo obrigatório