Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

00:44 05 de March de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:15:16 20/12/2019 |INFRAESTRUTURA |SUDESTE

Ultima atualização: 15:31 20/12/2019

Fotos: Divulgação EcoRodovias

Rodovias de Minas receberão financiamento de R$ 996 milhões para obras de melhoria e ampliação

● Crédito do BNDES beneficia BR-135, MG-231 e LMG-754, em uma extensão superior a 350 quilômetros

● Projeto prevê criação de mil empregos temporários durante a execução e outras 500 vagas após a conclusão

● Investimentos aumentarão segurança e melhorarão ligação entre o Norte de MG e o Sul do País

 

A concessionária Eco135, do grupo EcoRodovias, obteve do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a aprovação financiamento de R$ 996 milhões para investir em obras de ampliação de capacidade e de melhorias gerais nas condições das estradas de rodagem BR-135, MG-231 e LMG-754. O valor corresponde a 72% do investimento estabelecido entre a concessionária, vencedora do leilão do Lote Montes Claros, e o governo de Minas para os primeiros cinco anos da concessão (R$ 1,38 bilhão).

A expectativa é que as obras ao longo dos mais de 360 km gerem 1.110 empregos, enquanto outros 500 serão criados para a operação das rodovias. O valor total a ser investido pela Eco135 – excluindo a outorga fixa, que são os pagamentos mensais pelo direito à concessão – será de R$ 2,85 bilhões durante os 30 anos de contrato.

Dada a necessidade imediata de se restaurar o sistema dentro do cronograma definido pelo poder concedente, a aplicação de metade dos recursos se concentra nos seis primeiros anos. São intervenções que envolvem duplicação, faixas adicionais, acostamentos, pavimentação, acessos (trevos, rotatórias e interseções), passarelas, drenagem, prestação de serviços médicos e mecânicos aos usuários e melhorias de sinalização e de iluminação.

Estes investimentos em infraestrutura deverão aumentar a qualidade das estradas e a segurança dos motoristas e passageiros. Os impactos econômicos e sociais são considerados relevantes, uma vez que as rodovias ligam o norte de Minas a Belo Horizonte, São Paulo e Sul do Brasil.

 

Rodovias de Minas receberão financiamento de R$ 996 milhões para obras de melhoria e ampliação