Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

23:41 12 de April de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:14:11 16/02/2024 |INDÚSTRIA |INOVAÇÃO |SUL

Ultima atualização: 14:40 19/02/2024

WEG Divulgação

Pesquisa e inovação para motores elétricos mais eficientes apoiados com R$ 118,8 milhões do BNDES

O plano de inovação do Grupo WEG, a ser conduzido por sua equipe de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em Jaraguá do Sul (SC), teve aprovado R$ 118,8 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O projeto contempla investimentos em digitalização e descarbonização, a serem realizadas pela companhia até 2025, o que inclui pesquisa de novos materiais e desenvolvimento de motores elétricos.

Entre as rotas tecnológicas previstas, estão o desenvolvimento de produtos mais eficientes, sustentáveis e digitais, com incorporação de tecnologias 4.0, conectividade entre máquinas e sistemas de monitoramento em tempo real; o desenvolvimento de novos materiais para motores elétricos, visando a reduzir perdas de fabricação; e o desenvolvimento de novas topologias de motores elétricos, a exemplo de motores lineares para atender a novas soluções de mobilidade elétrica. 

Na avaliação do diretor de Desenvolvimento Produtivo, Inovação e Comércio Exterior do BNDES, José Luis Gordon, “o apoio do BNDES aos investimentos da WEG reforça aspectos essenciais do Plano Mais Produção, em busca de uma indústria mais inovadora e digital, verde, exportadora e produtiva. Essa é uma prioridade do governo do Presidente Lula, com geração de renda e empregos qualificados no país”.

Por essas características, Gordon afirma que a iniciativa está totalmente alinhada aos objetivos da Nova Indústria Brasil, política industrial lançada pelo Governo Federal em janeiro. “Com o apoio do BNDES, um parceiro histórico da indústria brasileira, estamos impulsionando não só o nosso compromisso com o avanço tecnológico no Brasil, mas criando soluções que agregarão valor à economia e trarão oportunidades à sociedade como um todo”, aponta o diretor de Finanças e Relações com Investidores da WEG, André Menegueti Salgueiro. 

O plano de inovação da WEG será financiado por meio da linha BNDES Mais Inovação, lançada pelo Banco em setembro de 2023, que oferece custo atrelado à taxa referencial (TR) para iniciativas de inovação e digitalização. “Com a criação da linha, o BNDES passou a estar equipado para apoiar de forma consistente a ampliação dos investimentos em inovação no país”, complementa Gordon.

Para além de fortalecer as capacidades de inovação da companhia, o projeto está alinhado a metas de descarbonização assumidas pela WEG. Em 2022, a empresa lançou o Programa WEG de Carbono Neutro, com meta de reduzir em 52% suas emissões de gases de efeito estufa até 2030.

 

WhatsApp Image 2024-02-16 at 14.06.41