Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

17:08 23 de July de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:15:42 22/09/2023 |INDÚSTRIA |SUL

Ultima atualização: 13:05 17/10/2023

Klabin/Divulgação

Klabin alcança 4,7 milhões ton/ano de papel com financiamento do BNDES

Com a entrada em operação da nova máquina de papel, parte do projeto de investimento PUMA II, da Klabin, no valor total de R$ 12,9 bilhões, a capacidade de produção da companhia será elevada para 4,7 milhões de toneladas de celulose e papel por ano. Os investimentos compreenderam a construção de duas máquinas de papel, MP 27 e MP 28, com capacidade de produção de 450 mil toneladas e 460 toneladas de cartões por ano. A MP 28 é considerada a mais moderna máquina de papel cartão do mundo e tem flexibilidade para produzir outros tipos de papéis, como o Kraftliner (cartão usado em papelão ondulado).

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiou com R$ 3 bilhões a construção da nova linha produtiva na unidade de Ortigueira (PR), inaugurada nessa quinta-feira, 21, com a presença de técnicos da Área de Indústria do Banco. Só com a primeira etapa do projeto (PUMA I), foram criados 11 mil postos de trabalho diretos e indiretos durante a execução e, uma vez concluída, em 2021, foram gerados 1500 empregos diretos. No projeto de expansão da Klabin apoiado pelo BNDES, constam ainda investimentos sociais da ordem de R$ 15 milhões em educação, modernização e qualificação pública de municípios do entorno da nova fábrica.

"É um dos maiores projetos da história do setor de papel e celulose do país, que amplia a capacidade produtiva da empresa, além de introduzir tecnologias inovadoras em seus processos. O BNDES desempenhou importante função na composição do funding, oferecendo condições adequadas e de longo prazo para o investimento. Dessa forma, contribuímos para o fortalecimento da competitividade deste importante segmento da indústria nacional", afirmou Joao Pieroni, superintendente de Indústria do BNDES.  

Flavio Mota, chefe de Departamento de Indústria de Base do Banco, reforçou ainda que o projeto PUMA II possui alinhamento com a estratégia da instituição ao promover o crescimento da indústria nacional, a geração de emprego e renda e a manutenção de elevados padrões de sustentabilidade. "A participação do BNDES no projeto reforça a parceria histórica com o setor e reafirma o nosso compromisso em desenvolver a base industrial nacional mais verde, digital e inclusiva.”

Expansão - Os projetos PUMA I e PUMA II receberam mais de R$ 21 bilhões de investimento da Klabin, segundo a empresa, e viabilizaram a primeira produção no mundo de papel kraftliner feito 100% de celulose de eucalipto. Esse tipo de papel requer menos área florestal plantada e tem alta resistência com baixa gramatura e qualidade de impressão.

O papel kraftliner fabricado pela Klabin é exportado para mais de 60 países. Com os investimentos do projeto, a empresa espera gerar impacto positivo e direto sobre as exportações, bem como ampliar a capacidade produtiva do setor, uma vez que a maior parte do que será produzido é destinado ao mercado externo. Isto significa atrair divisas para o país, com efeito positivo para o saldo comercial.