BNDES - Agência de Notícias

Tue Mar 31 19:44:13 UTC 2020 Tue Mar 31 19:44:13 UTC 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:17:52 20/02/2020 |ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA |SUL

Ultima atualização: 18:10 20/02/2020

André Telles/BNDES
Presidente do BNDES, Gustavo Montezano, e governador gaúcho, Eduardo Leite, em reunião sobre projetos de desestatização

• Governador gaúcho e presidente do BNDES assinaram acordo sobre ativos imobiliários

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, realizaram nesta quarta-feira, 19, reunião de acompanhamento dos projetos de desestatização do Estado que estão em estruturação pelo Banco.

O Rio Grande do Sul é a Unidade da Federação com mais iniciativas em andamento no BNDES, e tornou-se também o primeiro Estado a assinar um Acordo de Cooperação Técnica com o Banco para avaliar o potencial dos ativos imobiliários públicos.

Segundo Leite, o objetivo é reduzir o tamanho da máquina pública e dedicar-se às questões fiscais do Rio Grande do Sul.O BNDES já é responsável pelos projetos de privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás). Também está na carteira do Banco, a concessão de um pacote de mais de mil quilômetros de rodovias estaduais e a estruturação de parcerias público-privadas nas áreas de saneamento e segurança pública. 

Na reunião com as equipes técnicas, Montezano e Leite acompanharam a evolução dos cronogramas e discutiram oportunidades em novas áreas. Presente ao encontro, o diretor de Infraestrutura, Concessões e PPPs do BNDES, Fábio Abrahão, informou que está sendo finalizado um estudo prévio sobre o potencial das hidrovias estaduais para ser discutido com o Estado. 

A equipe do Banco também apresentou ao governo gaúcho a estratégia do BNDES para parques e florestas. O tema é uma das prioridades do Plano Trienal da instituição na vertente sustentabilidade (saiba mais aqui) e pode ensejar novas oportunidades de parceria com o Rio Grande do Sul.