BNDES - Agência de Notícias

19:08 01 de Junho de 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:13:45 21/04/2020 |INDÚSTRIA |SAÚDE |SUDESTE

Ultima atualização: 14:06 21/04/2020

Divulgação Progen
  • Equipamentos estão sendo instalados no Estádio Pacaembu e no complexo Anhembi


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento para a Progen no âmbito do Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus.  A empresa está fornecendo 2 mil leitos em hospitais de campanha para o tratamento de pacientes do novo coronavírus que estão sendo instalados nos hospitais de campanha do Estádio Pacaembu e do complexo Anhembi, na capital de São Paulo.

O Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus possui dotação de R$ 2 bilhões, e tem como objetivo aumentar a oferta de leitos emergenciais, bem como de equipamentos, materiais, insumos, peças, componentes e produtos críticos para saúde, com vistas ao atendimento das necessidades de assistência às vítimas, diretas e indiretas, da pandemia de Covid-19 , por meio de empréstimo emergencial.


A Progen receberá R$ 50 milhões do BNDES para financiar 100% do investimento para a implantação de 2 mil leitos hospitalares nos dois hospitais de campanha em São Paulo, conforme contrato firmado entre a empresa e a Secretaria de Saúde do município. Do total, 200 leitos ficam no hospital construído no Estádio Pacaembu (já em operação) e 1.800 leitos se localizam no complexo do Anhembi (em etapa final de obras). Os leitos das estruturas temporárias foram projetados, primordialmente, para atendimentos de baixa complexidade. 

“O objetivo dos hospitais de campanha é permitir que o grande número de casos leves da doença, que demandam observação, não sobrecarreguem o sistema de saúde local, permitindo que os casos graves possam ser tratados nas unidades de referência no combate ao covid-19  que possuem estrutura e equipamentos adequados”, explicou o chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde do BNDES, João Paulo Pieroni.

 

Projen_Anhembi2


A Progen é responsável por atividades de projeto, montagem, implantação e pela manutenção da infraestrutura dos hospitais, enquanto os operadores dos mesmos são: o Hospital Albert Einstein (Estádio Pacaembu); e as Organizações Sociais de Saúde IABAS e SPDM (Complexo do Anhembi). Esses operadores fornecerão mão-de-obra, equipamentos e insumos hospitalares.

A BNDESPAR possui 10% de participação direta no controle atual da Progen, que foi fundada em 1987. A empresa já realizou mais de 5 mil projetos para o mercado nacional e internacional da indústria e infraestrutura, e possui experiência na montagem e gestão de estruturas provisórias em eventos esportivos (como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e os Pan-americanos Parapan-americanos Lima 2019). A Progen também é acionista da “Concessionária Allegra Pacaembu”, empresa responsável, desde janeiro, pelos serviços de modernização, gestão, operação e manutenção do Complexo Pacaembu, pelos próximos 35 anos.


Mais informações sobre o apoio do BNDES ao combate à pandemia do Covid-19 em:

https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/bndes-contra-o-coronavirus/medidas-emergenciais-contra-coronavirus