BNDES - Agência de Notícias

Thu Feb 27 05:59:07 UTC 2020 Thu Feb 27 05:59:07 UTC 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:11:48 12/12/2019 |INFRAESTRUTURA |INTERNACIONAL |MEIO AMBIENTE

Ultima atualização: 12:38 12/12/2019

Fotos: Divulgação BNDES
O embaixador brasileiro em Madri, Pompeu Andreucci, o ministro da Embaixada, Maurício Fávero, Petrônio Cançado, Barbara Schnell e o superintendente de Gestão Socioambiental do BNDES, Julio Leite

O diretor de Concessão de Crédito e Garantias do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Petrônio Cançado, e a diretora de Política Setorial do KfW, o banco de desenvolvimento alemão, Barbara Schnell, assinaram nesta quinta-feira, 12, memorando de entendimento para a implementação de sistemas de mobilidade urbana sustentável no Brasil. O documento foi firmado em Madri durante a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019 (COP25).

O acordo prevê o apoio à estruturação de projetos de mobilidade que contribuam para a redução de emissões de poluentes, promovam inclusão social, adotem tecnologias inovadoras e favoreçam a implementação de soluções multimodais integradas. BNDES e KfW trabalharão conjuntamente na elaboração da chamada pública e na seleção de até cinco projetos que terão seus estudos de pré-viabilidade – análises feitas com base em dados já existentes com a finalidade de identificar se um determinado empreendimento apresenta as condições mínimas necessárias de realização – financiados com recursos não reembolsáveis do banco alemão (€ 450 mil).

Após a conclusão dos estudos preliminares e a confirmação das propostas consideradas viáveis, o BNDES financiará, com recursos reembolsáveis, a execução dos serviços técnicos necessários para a estruturação dos projetos.

 

BNDES estabelece acordo com banco de desenvolvimento alemão para projetos de mobilidade urbana

Pelo BNDES, o diretor Petrônio Cançado assinou o memorando, em cerimônia presidida pelo embaixador Pompeu Andreucci

 

“O acordo de cooperação firmado hoje entre o BNDES e o KfW demonstra o compromisso inequívoco do banco em buscar iniciativas e viabilizar parcerias que conciliem a preservação do meio ambiente com o desenvolvimento do País”, afirmou Petrônio durante a cerimônia de assinatura.

KfW – Com histórico de relacionamento desde a década de 1960, o BNDES já contratou quinze operações de financiamento com o KfW, totalizando cerca de US$ 1,21 milhão. Nos últimos anos, as instituições vêm trabalhando em iniciativas voltadas à mitigação dos efeitos das mudanças climáticas.

Em 2015 BNDES e KfW formalizaram uma operação totalizando US$ 294,2 milhões. Os recursos foram investidos no refinanciamento do metrô de Salvador e Lauro de Freitas (BA) e do VLT do Rio de Janeiro (RJ). No âmbito desse contrato também foi lançado o Guia TPC: Orientações para Seleção da Tecnologia e Implementação de Projetos de Transporte Público Coletivo, voltado a gestores públicos e profissionais do setor. Em 2017 foi contratada uma operação de US$ 141,7 milhões voltada a projetos de eficiência energética e energias renováveis (solar, eólica, pequenas centrais hidrelétricas, bioenergia usando resíduos, iluminação pública e cogeração na indústria).