Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

18:46 23 de July de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:15:21 04/04/2024 |MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS |CENTRO-OESTE |NORDESTE

Ultima atualização: 18:46 10/04/2024

Foto: Rizemberg Felipe / Divulgação BNDES

BNDES retoma ciclo de eventos pelo Brasil para micro, pequenas e médias empresas

  • João Pessoa (PB) foi a primeira cidade do país a receber a nova edição da iniciativa “BNDES Mais Perto de Você”

  • Evento é gratuito e apresenta as principais linhas de financiamento do Banco

  • Próxima apresentação acontece em Recife (PE) no dia 17 de abril

 

Nesta quarta-feira, dia 3, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) retomou o ciclo de eventos “BNDES Mais Perto de Você”. Cerca de 100 micro e pequenos empresários participaram da apresentação gratuita sobre as principais linhas de financiamento do Banco. A cidade de João Pessoa (PB) foi a primeira a receber o evento, que ocorreu no auditório do Sebrae. Recife (PE) será a próxima parada, marcada para o dia 17 de abril.

A abertura do evento contou com a participação de representantes do Sebrae, da Federação do Comércio de Bens e de Serviços (Fecomércio-PB), da Federação das Indústrias (FIEPB) e da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Estado da Paraíba.

Interna 2


Na apresentação, funcionários do BNDES explicaram as formas de apoio e as principais linhas de financiamento do Banco para micro, pequenas e médias empresas, o que incluiu soluções para capital de giro, crédito para projetos de investimentos e aquisição de máquinas e equipamentos. Também foram dadas orientações para os empreendedores aumentarem as chances de obter crédito bancário, com foco em gestão do negócio e requisitos para acesso ao financiamento.

Os empresários puderam esclarecer dúvidas e identificar as opções mais adequadas aos seus negócios em atendimentos individuais com representantes dos agentes financeiros da rede credenciada do BNDES, como Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Sicoob e Sicredi.

Interna 1


Para o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, a retomada da iniciativa é uma oportunidade de alcançar mais empreendedores. “O BNDES já financia micro, pequenas e médias empresas em todo o Brasil. O plano agora é chegar a mais pessoas. Com a volta deste ciclo de palestras, o Banco levará informação aos atuais e futuros clientes. Esta é uma das maneiras de estarmos ainda mais próximos de um segmento que é fundamental para a geração de emprego e renda no país”, afirmou.

“A Federação das Indústrias do Estado da Paraíba tem sua função, por meio do Sesi e do Senai, que é de Inovação, tecnologia e social. A iniciativa do BNDES é importante porque aproxima o banco de quem nunca pode conhecer os produtos do Banco e que, por sua vez, pode assim atender o pequeno e o médio industrial paraibano”, ressaltou Gilson Frade, representante da FIEPB.

Esdras Arruda, dono de uma empresa de soluções de segurança, aprovou a iniciativa: "este evento traz a possibilidade de a gente abrir o leque de informações, porque muitas vezes a gente vai diretamente nos bancos e não tem essas informações. Ficamos perdidos. Então, essa iniciativa do BNDES é de muita valia. Deveria haver mais palestras como esta, para que o empreendedor não fique somente como micro e pequeno, mas que ele possa vir a crescer e, de fato, ajude a desenvolver o seu Estado e a sua região".

Mais crédito – Quase 50% dos recursos aprovados pelo BNDES para operações de crédito em 2023 foram para micro, pequenas e médias empresas. Essas aprovações totalizaram R$ 107 bilhões, um aumento de 53% em relação a 2022, confirmando o esforço do Banco em ampliar o crédito a esse segmento de empresas. Desse montante, R$ 63 bilhões são de recursos do Banco a serem repassados para as MPMEs, principalmente via agentes financeiros, e R$ 44 bilhões são de recursos de parceiros viabilizados por garantias do Fundo Garantidor de Investimentos (FGI), principalmente por meio do programa FGI PEAC do BNDES.


BMPV_Capa