Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

04:17 25 de June de 2021

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:17:08 09/02/2021 |INSTITUCIONAL

Ultima atualização: 19:28 09/02/2021

Com média 4,3, BNDES ficou 0,5 ponto à frente do 2º lugar (Santander)

• Banco é o mais bem colocado entre as 9 instituições financeiras avaliadas pela nova edição do Guia dos Bancos Responsáveis, lançada nesta terça, 9

• Documento é produzido por Idec Instituto Sou da Paz, Conectas Direitos Humanos e Proteção Animal Mundial com metodologia aplicada em 13 países

• Entre outros temas, BNDES destacou-se no item Transparência e Prestação de Contas, com a maior das nove notas: 6,9

O BNDES é o banco brasileiro mais bem avaliado na nova edição do Guia dos Banco Responsáveis, lançado nesta terça-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), em parceria com o Instituto Sou da Paz e as ONGs Conectas Direitos Humanos e Proteção Animal Mundial. O documento avalia as políticas de sustentabilidade das maiores instituições financeiras do País em relação às empresas a que concedem crédito ou nas quais investem, utilizando metodologia do Fair Finance International, aplicada em 13 países. Com o desempenho, o BNDES mantém a liderança conquistada na edição anterior do Guia, lançada em 2019.

Além do BNDES, foram avaliados os outros 8 bancos que compõem o grupo dos maiores do País em ativos - Banco do Brasil, Bradesco, BTG Pactual, BV, Caixa, Itaú, Safra e Santander - sobre temas transversais (mudanças climáticas, corrupção, igualdade de gênero, direitos humanos, direitos trabalhistas, meio ambiente e impostos); temas setoriais (armas, alimentos, florestas, setor imobiliário e habitação, mineração, óleo e gás e geração de energia);  e  temas operacionais (direitos do consumidor, inclusão financeira, remuneração, transparência e prestação de contas).

“O BNDES ficou mais uma vez na dianteira do GBR, pontuando 4,3; uma folga de 0,5 ponto sobre o Santander, o segundo colocado, com 3,8”, aponta o relatório. Esta nota refere-se à média da pontuação nos 18 itens pesquisados, e uma análise mais pormenorizada mostra que o BNDES se destaca, sobretudo, em três pontos: Inclusão Financeira (8,8), Meio Ambiente (7,1) e Combate à Corrupção (7,1). Transparência e Prestação de Contas é outro tema em que o Banco se destaca, com pontuação 6,9.

“A proeminência de sua nota deve-se principalmente às suas exigências, formalizadas por meio de cláusula contratual, a fornecedores e prestadores de serviços das empresas que financia. Também por este motivo, é o banco que mais lidera as notas nos temas transversais e setoriais”, explica o documento.O Guia aponta ainda, como destaques positivos do BNDES, a publicação de duas novas políticas - Critérios socioambientais para fornecedores de produto ou serviço essencial para a execução do projeto/operação e Combate à corrupção, lavagem ou ocultação de bens, terrorismo ou financiamento ao terrorismo – e a reformulação da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) a partir de consulta aos públicos de interesse.

Para ler o relatório completo do Guia dos Bancos Responsáveis, clique aqui. Para acessar o sumário executivo, clique aqui.