BNDES - Agência de Notícias

01:22 23 de August de 2019

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:19:38 25/04/2019 |CULTURA

Ultima atualização: 14:37 15/05/2019

André Telles - Divulgação/BNDES

O Espaço Cultural BNDES e o Museu Casa do Pontal inauguraram nesta quarta-feira, 25, a exposição “Fronteiras da Arte – Criadores Populares”, uma produção do Museu Casa do Pontal. Com visitação gratuita, a mostra, que fica em cartaz até dia 28 de junho, apresenta um conjunto de 100 esculturas e modelagens feitas por 27 autores de todo o país e integram o acervo armazenado no edifício sede da instituição, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. O imóvel, inundado no temporal do início do mês, foi fechado ao público.

“A exposição pretende balizar o poder da criação – presente em todos os meios sociais - na transformação de vidas. Por meio de rica criação plástica, indivíduos das camadas populares inventam mundos imaginários e os compartilham conosco”, afirmou a curadora Angela Mascelani.

FOTO ANDRE TELLES 9033 BNDES EXPOSIÇÃO FRONTEIRAS DA ARTE 24 ABR 2019
Angela Mascelani, curadora da exposição “Fronteiras da Arte – Criadores Populares”

“É o caso de Francisco Graciano, artista novo na coleção, que vive num sítio nas cercanias sertanejas do Cariri, no Ceará. De suas mãos nascem formas de animais as mais diversas, cujos cromatismos exuberantes dialogam com a luminosidade do sertão. Desde 2003 vínhamos investigando os artistas da região, com o setor de pesquisa, que é voltado para o aprofundamento do conhecimento sobre artistas brasileiros, de maneira a acompanhar as mudanças que ocorrem no campo e difundi-las. Fizemos várias viagens pelo interior, descobrimos artistas fascinantes”, completou.

FOTO ANDRE TELLES 8942 BNDES EXPOSIÇÃO FRONTEIRAS DA ARTE 24 ABR 2019


Segundo Mascelani, a exposição é uma oportunidade para o público pode ver o acervo do museu, fechado após sofrer a pior inundação de sua história, durante as fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro, no início do mês.

Financiamento coletivo - Durante a abertura da exposição foi lançada uma campanha de financiamento coletivo para reabertura da sede. De acordo com o diretor do museu, Lucas van de Beuque, essa foi a sexta inundação e a pior delas. "Conseguimos salvar as obras, mas estamos com o museu fechado devido aos danos na estrutura e no mobiliário. Por isso, recorremos à comunidade apaixonada pela arte popular, pela cidade do Rio de Janeiro e pela Casa do Pontal", defendeu o diretor. A expectativa é arrecadar R$ 80 mil; as doações podem ser feitas pelo portal benfeitoria.com.

FOTO ANDRE TELLES 8968 BNDES EXPOSIÇÃO FRONTEIRAS DA ARTE 24 ABR 2019


O Museu -
Inaugurado em 1976 pelo designer francês Jacques Van de Beuque, o Museu Casa do Pontal reúne o maior acervo de arte popular brasileira no país. Suas obras contam histórias e costumes do povo brasileiro, resultado de 40 anos de pesquisas e viagens de Jacques pelo Brasil. Seu acervo, tombado pela Prefeitura do Rio como referência cultural da cidade, é composto por mais de 8.500 peças de cerca de 300 artistas brasileiros, produzidas a partir do século 20.

Serviço - Aberta ao público nesta quinta-feira, 25, a exposição “Fronteiras da Arte – Criadores Populares” fica em cartaz na Galeria do Espaço Cultural BNDES, de segunda a sexta (exceto feriados), das 10h às 19h, até 28 de junho. O espaço oferece visitas guiadas por mediadores, todos os dias, às 12h30, e nas quartas e quintas, também às 18h15. Entrada gratuita.

FOTO ANDRE TELLES 8934 BNDES EXPOSIÇÃO FRONTEIRAS DA ARTE 24 ABR 2019