Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

Sat May 21 00:03:51 CEST 2022 Sat May 21 00:03:51 CEST 2022

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:16:23 17/01/2022 |INFRAESTRUTURA |MERCADO DE CAPITAIS

Ultima atualização: 09:34 18/01/2022

José Paulo Lacerda/CNI
  • Iniciativa deve alavancar R$ 7,5 bilhões em investimentos 
  • Banco abre chamada pública para aportar R$ 500 milhões em cinco fundos diferentes 
  • Fundos que invistam em saneamento e mobilidade urbana serão priorizados
                 

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou nesta terça-feira, 17, a chamada pública para seleção e subscrição de cotas de até cinco fundos de investimento com foco em infraestrutura, prioritariamente nos setores de logística e transporte, energia, mobilidade urbana, saneamento básico e telecomunicações. A iniciativa busca desenvolver o mercado, acelerar o investimento privado em infraestrutura e viabilizar melhorias de longo prazo na qualidade dos serviços do setor no país.

 

A participação do BNDES em cada fundo selecionado será limitada a R$ 500 milhões, totalizando um montante de até R$ 2,5 bilhões em aportes nos cinco fundos escolhidos. O BNDES poderá investir em fundos de participações (destinados a investir diretamente em empresas ou projetos) e fundos de crédito (destinados a financiar empresas e projetos) - de acordo com o tipo de título a ser investido pelo fundo. Serão selecionados até três fundos de participações e até dois fundos na modalidade de crédito.  Estima-se que sejam mobilizados ao menos mais R$ 5 bilhões de capital privado para a iniciativa, somando ao todo R$ 7,5 bilhões em investimentos.

 

Na seleção serão priorizados fundos de investidores institucionais (que administram dinheiro de terceiros) e fundos que invistam em setores com alto impacto social, como os de saneamento e mobilidade urbana. Além disso, serão mais bem pontuados fundos que tenham critérios de mensuração de impacto social e ambiental (ASG).

 

As propostas poderão ser submetidas até 4 de março. A expectativa é que a seleção seja concluída no primeiro semestre deste ano.

 

Segundo Bruno Laskowsky, diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto do BNDES, “a chamada pública para a seleção de fundos de investimento em infraestrutura reforça o compromisso estruturante e sistêmico realizado historicamente pelo Banco ao setor de infraestrutura. Com essa iniciativa, o BNDES se posiciona como um investidor âncora com capacidade de estimular a atração de mais investimento privado para o setor, que é estratégico para melhorar a questão de produtividade do país, a prestação de serviços e ainda mais fundamental da qualidade de vida dos brasileiros.”

 

Participação em Fundos – A atuação do BNDES por meio de fundos amplia o acesso das empresas a capital e crédito de longo prazo e estimulam melhorias em sua gestão, dinamizando o mercado de capitais brasileiro. Eles também alavancam os investimentos e dividem os seus riscos entre diferentes agentes da economia. Atualmente, o capital comprometido do Banco em fundos de participação em empresas e de crédito totaliza cerca de R$ 6 bilhões que, junto com os recursos de outros investidores, chega a R$ 35 bilhões. 

 

O edital e mais informações sobre a seleção estão disponíveis aqui.

 

Assista ao vídeo: