Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

08:24 18 de May de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:17:17 06/09/2023 |INOVAÇÃO |INSTITUCIONAL |INTERNACIONAL |MEIO AMBIENTE

Ultima atualização: 13:05 17/10/2023

May Bandeira de Mello/BNDES

BNDES e KfW IPEX-Bank se juntam para cofinanciar até 1 bilhão de euros no Brasil

O BNDES e o KfW IPEX-Bank assinaram nesta segunda, 4, acordo para expandir sua cooperação comercial e cofinanciar projetos, no Brasil, em até 1 bilhão de euros nos próximos cinco anos. O KfW IPEX-Bank é o braço de financiamento a exportação do KfW, banco de desenvolvimento da Alemanha. O Memorando de Entendimento foi assinado em evento liderado pela diretora Luciana Costa, responsável pelas áreas Infraestrutura, Transição Energética e Mudanças Climáticas do BNDES, juntamente com Belgin Rudack, diretora-presidente do KfW IPEX-Bank. Natalia Dias, diretora de Mercado de Capitais e Finanças Sustentáveis do BNDES, participou da assinatura, que ocorreu na sede do BNDES, no Rio de Janeiro.

“A forte presença de empresas alemãs e europeias no Brasil e as oportunidades de investimento produtivo e desenvolvimento tecnológico, atreladas ao esforço global de descarbonização, tornam a parceria entre o KfW-IPEX Bank e o BNDES ainda mais relevante neste momento”, destacou Costa.

A diretora-presidente do KfW IPEX Bank ressaltou que as duas instituições estão bem alinhadas em seu foco setorial e têm muitos objetivos estratégicos comuns em seus respectivos países. "Juntos, queremos moldar e influenciar positivamente a 'Década da Escolha', que apoiamos com nosso plano de investir até 1 bilhão de euros em tecnologias existentes e futuras, para promover o desenvolvimento e a transformação da economia brasileira em uma base sustentável", defendeu Rudack.

O acordo tem foco em financiamentos com impacto ambiental positivo, bem como em projetos de transição energética, clima e proteção ambiental. As ênfases são em setores sustentáveis, como energias renováveis, captura de carbono e frotas de ônibus eletrificados e com emissão zero, logística, digitalização, semicondutores e saneamento. A cooperação poderá ser desenvolvida em diferentes modalidades de cofinanciamento, como empréstimos, garantias e outros mecanismos financeiros. O KfW IPEX-Bank priorizará oportunidades de investimento em que empresas alemãs e europeias estejam envolvidas para apoiar e promover suas atividades comerciais no Brasil.

“Essa iniciativa representa mais um passo no importante relacionamento entre o BNDES e o Grupo KfW, fazendo parte da parceria estratégica Brasil-Alemanha que vem sendo desenvolvida entre os governos, na qual o BNDES e o KfW IPEX-Bank são os órgãos de referência para questões de investimento e crédito. São diversas frentes, incluindo empréstimos, garantias e instrumentos não reembolsáveis, como o Fundo Amazônia”, contextualizou a diretora de Mercado de Capitais e Finanças Sustentáveis do BNDES, Natália Dias.