Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

Sun Jan 29 13:18:27 CET 2023 Sun Jan 29 13:18:27 CET 2023

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:11:34 19/01/2023 |EDUCAÇÃO |NORTE

Ultima atualização: 11:44 19/01/2023

Projeto beneficiará cerca de 34 mil alunos do 1º ao 3º ano do ensino fundamental de oito municípios do Estado

Inciativa contará com R$ 26,4 milhões em recursos, metade dos quais do Fundo Socioambiental do BNDES

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Fundação Vale vão investir R$ 26,4 milhões na rede pública de educação básica dos municípios de Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Tucumã, Ourilândia do Norte, Bom Jesus do Tocantins e mais um oitavo município ainda em negociação, todos localizados no sudeste do Estado do Pará. A expectativa é de que aproximadamente 34 mil alunos de 275 escolas públicas sejam beneficiados ao longo dos quatro anos do projeto.

A iniciativa receberá apoio financeiro não reembolsável do BNDES de R$ 13,2 milhões por meio do seu Fundo Socioambiental, valor correspondente a 50% do investimento total. Os 50% restantes serão aportados pela Fundação Vale.

O projeto visa contribuir para a melhoria da qualidade da alfabetização da rede pública de ensino, tendo como foco alunos do 1º ao 3º ano do ensino fundamental. Para isso, a iniciativa oferecerá formação continuada para mais de 2.600 professores e gestores escolares dos municípios participantes.

Deverão ser produzidos e disponibilizados materiais didáticos específicos que dialoguem com aspectos das culturas locais e estejam a alinhados à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Estima-se que 102 mil materiais (como almanaques e jogos didáticos) sejam distribuídos aos alunos e professores.

O projeto terá ainda atividades socializadoras, que consistem na produção de conhecimento dos estudantes de uma maneira compartilhada. Isso fará com que a comunidade esteja envolvida em ações que fortaleçam os vínculos sociais e criem oportunidades para o reconhecimento de inteligências e talentos.

Desse modo, a iniciativa do BNDES junto à Fundação Vale focará nas competências socioeducacionais dentro e fora das salas de aula, proporcionando aos alunos um maior desenvolvimento pessoal, cognitivo e social. 

“Por meio do apoio à educação, nosso objetivo é contribuir para ampliar oportunidades, para fortalecer políticas públicas e para promover a transformação social nos locais onde atuamos. Desenvolvemos programas no sudeste do Pará que buscam uma ação intersetorial entre educação, saúde e assistência social envolvendo parceiros, sociedade civil e o Poder Público para que as mudanças sejam duradouras, promovendo vida digna e autonomia para as comunidades” – ressalta Pâmella De-Cnop, Diretora-Executiva da Fundação Vale.

O projeto está em linha com o Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024 e contribui diretamente no objetivo de alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º ano do ensino fundamental e fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem, para anos iniciais do ensino fundamental até 2024.

Criada há 53 anos, a Fundação Vale busca contribuir com o desenvolvimento social nos territórios onde a Vale atua, por meio do fortalecimento de políticas públicas e da atuação conjunta com instituições parceiras, somando esforços para transformar a realidade dos públicos atendidos pelos programas.