Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

01:06 05 de March de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:11:34 19/01/2023 |EDUCAÇÃO |NORTE

Ultima atualização: 13:05 17/10/2023

BNDES e Fundação Vale investem na melhoria da educação pública do Pará

Projeto beneficiará cerca de 34 mil alunos do 1º ao 3º ano do ensino fundamental de oito municípios do Estado

Inciativa contará com R$ 26,4 milhões em recursos, metade dos quais do Fundo Socioambiental do BNDES

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Fundação Vale vão investir R$ 26,4 milhões na rede pública de educação básica dos municípios de Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Tucumã, Ourilândia do Norte, Bom Jesus do Tocantins e mais um oitavo município ainda em negociação, todos localizados no sudeste do Estado do Pará. A expectativa é de que aproximadamente 34 mil alunos de 275 escolas públicas sejam beneficiados ao longo dos quatro anos do projeto.

A iniciativa receberá apoio financeiro não reembolsável do BNDES de R$ 13,2 milhões por meio do seu Fundo Socioambiental, valor correspondente a 50% do investimento total. Os 50% restantes serão aportados pela Fundação Vale.

O projeto visa contribuir para a melhoria da qualidade da alfabetização da rede pública de ensino, tendo como foco alunos do 1º ao 3º ano do ensino fundamental. Para isso, a iniciativa oferecerá formação continuada para mais de 2.600 professores e gestores escolares dos municípios participantes.

Deverão ser produzidos e disponibilizados materiais didáticos específicos que dialoguem com aspectos das culturas locais e estejam a alinhados à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Estima-se que 102 mil materiais (como almanaques e jogos didáticos) sejam distribuídos aos alunos e professores.

O projeto terá ainda atividades socializadoras, que consistem na produção de conhecimento dos estudantes de uma maneira compartilhada. Isso fará com que a comunidade esteja envolvida em ações que fortaleçam os vínculos sociais e criem oportunidades para o reconhecimento de inteligências e talentos.

Desse modo, a iniciativa do BNDES junto à Fundação Vale focará nas competências socioeducacionais dentro e fora das salas de aula, proporcionando aos alunos um maior desenvolvimento pessoal, cognitivo e social. 

“Por meio do apoio à educação, nosso objetivo é contribuir para ampliar oportunidades, para fortalecer políticas públicas e para promover a transformação social nos locais onde atuamos. Desenvolvemos programas no sudeste do Pará que buscam uma ação intersetorial entre educação, saúde e assistência social envolvendo parceiros, sociedade civil e o Poder Público para que as mudanças sejam duradouras, promovendo vida digna e autonomia para as comunidades” – ressalta Pâmella De-Cnop, Diretora-Executiva da Fundação Vale.

O projeto está em linha com o Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024 e contribui diretamente no objetivo de alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º ano do ensino fundamental e fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem, para anos iniciais do ensino fundamental até 2024.

Criada há 53 anos, a Fundação Vale busca contribuir com o desenvolvimento social nos territórios onde a Vale atua, por meio do fortalecimento de políticas públicas e da atuação conjunta com instituições parceiras, somando esforços para transformar a realidade dos públicos atendidos pelos programas.