Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

Sat Jan 28 23:29:09 CET 2023 Sat Jan 28 23:29:09 CET 2023

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:16:56 29/12/2022 |INDÚSTRIA

Ultima atualização: 17:05 29/12/2022

Wilson, Sons

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento no valor de até R$ 182,8 milhões para que a Wilson, Sons Offshore S/A realize investimentos no reparo, visando à manutenção da certificação de classe, e na modernização de embarcações de sua frota, além da conversão de um PSV (Platform Supply Vessel) para LSV (Lightering Support Vessel). O projeto tem prazo de execução de cerca de 2 anos e contempla investimentos em 21 embarcações.

O apoio financeiro do BNDES, que será realizado com recursos do Fundo de Marinha Mercante (FMM), representa 90% dos investimentos totais de R$ 203 milhões no projeto e tem por objetivo o fortalecimento da frota nacional de apoio marítimo offshore. Todas as atividades serão executadas em estaleiros no País, com destaque para o estaleiro do Grupo Wilson, Sons, no Guarujá/SP, além dos estaleiros Mauá e Dock Brasil, no Rio de Janeiro/RJ. A expectativa é que cada reparo, modernização e conversão utilize cerca de 100 empregos diretos e 115 indiretos.

Os investimentos vão contribuir para a competitividade das embarcações da Wilson, Sons na prestação de serviços aos seus clientes e para a manutenção de empregos qualificados nos estaleiros nacionais.

“O BNDES contribuiu de modo determinante para a construção da frota brasileira de apoio marítimo offshore e continua apoiando seus clientes na melhoria da competitividade de suas embarcações, além de suportar postos de trabalho e o know-how desenvolvido pelos estaleiros nacionais”.

Setor de Óleo & Gás - Atualmente, o segmento de embarcações de apoio marítimo offshore se encontra em retomada de crescimento, com novas contratações pelas petroleiras e consequente aumento da frota em operação no País. Somente entre setembro de 2021 e maio de 2022 foram incorporadas 20 embarcações à frota em operação no Brasil. Atualmente, cerca de 410 embarcações, entre nacionais e estrangeiras, prestam serviços às petroleiras no País.

A empresa Wilson, Sons Offshore S.A. é uma joint venture entre os Grupos Wilson, Sons, de origem nacional, e Ultramar, de origem chilena, que atua no segmento de apoio marítimo offshore. As atividades da empresa envolvem fornecimento de serviços de apoio àprodução de energia offshore na plataforma continental brasileira, através do afretamento de embarcações especializadas. O Grupo Wilson é hoje um dos principais operadores integrados de logística portuária e marítima do País, com atuação nos segmentos de rebocagem, agenciamento marítimo, terminais portuários, logística, estaleiro e offshore.