Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

16:59 23 de July de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:13:28 18/08/2023 |SAÚDE |NORDESTE |NORTE

Ultima atualização: 13:05 17/10/2023

ImpulsoGov / Divulgação

BNDES apoia plataforma de prevenção do câncer de colo de útero, 3º mais comum entre brasileiras

  • ImpulsoGov receberá um total de R$ 2 milhões para ampliar plataforma de gestão e monitoramento
  • Projeto é o primeiro contratado da iniciativa Juntos pela Saúde, direcionada às regiões Norte e Nordeste do Brasil

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou projeto voltado à prevenção de câncer de colo de útero nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A organização sem fins lucrativos ImpulsoGov receberá um total de R$ 2 milhões para ampliar uma plataforma gratuita que auxilia no combate da doença, que é oterceiro tipo de câncer mais incidente entre as mulheres brasileiras, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

O apoio ocorre no âmbito da iniciativa Juntos pela Saúde, em que a cada doação feita por organizações da iniciativa privada, o BNDES destina o mesmo valor para fortalecer a saúde pública. O Instituto Dynamo destinará R$ 1 milhão para a ImpulsoGov e o Banco apoiará com mais R$ 1 milhão, proveniente do Fundo Socioambiental do BNDES. Já o Instituto para o Desenvolvimento Social (IDIS) é responsável pela gestão dos recursos, pela captação e seleção de projetos que serão beneficiados pela iniciativa.

Os recursos do BNDES, não reembolsáveis, serão investidos na plataforma Impulso Previne, que oferece apoio gratuito a municípios na gestão e monitoramento de indicadores da atenção primária. A solução permite monitorar a realização do exame preventivo da doença, disponibilizado gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS).

Por meio da plataforma serão feitos relatórios com cruzamento de dados que auxiliam o trabalho de profissionais de saúde de 19 municípios validados pelo Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Com isso, gestores locais poderão aprimorar suas estratégias de prevenção ao câncer de colo de útero, que registra 17 mil casos novos anualmente, conforme dados de 2023 do INCA.

plataforma

Reprodução: ImpulsoGov

“A iniciativa deixará um importante legado por meio do apoio a projetos de saúde nos municípios mais carentes do Norte e Nordeste”, afirmou Carla Reis, chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde do BNDES. “A expectativa é que a solução tenha impacto relevante na redução de mortes evitáveis na população feminina, ainda muito vulnerável à doença por dificuldades de acesso a exames preventivos”, completou.

Isabel Opice, diretora de operações da ImpulsoGov, destacou que as ferramentas e serviços da plataforma auxiliarão no rastreamento de casos de câncer de colo de útero: “Com o nosso apoio, os profissionais têm a informação necessária para realizar essa busca ativa e garantir que essas mulheres façam o exame. Isso é fundamental quando estamos falando de uma doença altamente evitável e curável quando descoberta precocemente”.

A expectativa é que a iniciativa Juntos Pela Saúde arrecade, em quatro anos, R$ 200 milhões para que unidades de saúde que prestem serviços do SUS recebam recursos para investimentos em obras, equipamentos, informatização, melhoria de gestão ou, ainda, para realização de campanhas de saúde.

Municípios – Serão contemplados com a plataforma Impulso Previne os seguintes municípios: Afuá (PA), Botuporã (BA), Brejo de Areia (MA), Carolina (MA), Colinas (MA), Cristino Castro (PI), Fartura do Piauí (PI), Gilbués (PI), Jacobina (BA), Lábrea (AM), Nova Olinda do Maranhão (MA), Oiapoque (AP), Palmares (PE), Presidente Vargas (MA), Rio da Conceição (TO), Tamandaré (PE), Tarrafas (CE), Viana (MA) e Xapuri (AC).