Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

17:44 23 de June de 2024

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:10:27 04/06/2024 |INFRAESTRUTURA |CENTRO-OESTE |NORDESTE |NORTE |SUDESTE |SUL

Ultima atualização: 10:34 04/06/2024

Energisa / Divulgação

BNDES apoia com R$ 1,76 bi melhoria da distribuição de energia elétrica em onze estados atendidos pelo Grupo Energisa

  • Cerca de 20 milhões de pessoas atendidas em 863 municípios de onze estados serão beneficiados pelas intervenções

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento no valor total de R$ 1,76 bilhão para apoio aos planos de investimentos das nove concessionárias de distribuição de energia elétrica controladas pelo Grupo Energisa. As operações beneficiam os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Paraíba, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Sergipe, Acre, Rio de Janeiro e Rondônia e possibilitam a manutenção e incremento da qualidade operacional para 20 milhões de pessoas atendidas em 863 municípios.

Prática consagrada para atendimento aos padrões de qualidade definidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), planos de investimentos periódicos possibilitam a manutenção das operações e a melhoria da qualidade do fornecimento de energia elétrica, além de controle de perdas comerciais, expansão da rede e ampliação da base de clientes.

“Focamos na combinação de qualidade com alta eficiência de nossas operações, com um planejamento meticuloso, visando as soluções mais eficazes para cada região, a fim de alcançar alto nível de satisfação na percepção dos clientes. Por atuar em 24% do território nacional, entendemos que cada área de atuação tem particularidades e nos demandam investimentos específicos para dar a melhor resposta aos anseios dos nossos clientes. Seguindo o nosso plano de investimento, esse recurso será aplicado na expansão da rede de distribuição para democratizar ainda mais o acesso à energia limpa e na robustez da nossa infraestrutura”, afirma o vice-presidente de Redes do Grupo Energisa, Gioreli de Sousa.

Entre as intervenções que serão executadas pelas concessionárias, estão o atendimento a novos domicílios, a ampliação de subestações e linhas de distribuição de energia e a troca de equipamentos. Também devem ser expandidas ou substituídas redes de energia.

“A expansão e melhoria dos serviços de distribuição de energia é prioridade para o BNDES, pois envolve projetos em que há fortes benefícios tanto em termos de expansão da população atendida quanto em relação à qualidade e confiabilidade da energia entregue nestas regiões", destaca a diretora de Infraestrutura, Transição Energética e Mudança Climática do BNDES, Luciana Costa.

No âmbito da operação de R$ 1,76 bi, o maior apoio é destinado à Energisa Mato Grosso, que receberá R$ 395 mi. Os demais financiamentos são para as distribuidoras que atendem Mato Grosso do Sul (R$ 288 mi); Tocantins (R$ 231 mi); Paraíba (R$ 215 mi); Paraná, Minas Gerais e São Paulo (R$ 171 mi); Sergipe (R$ 149 mi); Acre (R$ 125 mi); Minas Gerais e Rio de Janeiro (R$ 117 mi); e Rondônia (R$ 75 mi).


128189dc5e880d156ed8cf53e2370a6f_DivulgaçãoFoto: Energisa / Divulgação