Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

16:55 23 de June de 2024

Blog do Desenvolvimento

Relatório de efetividade do BNDES destaca os efeitos de suas ações para a sociedade

A quinta edição do Relatório de Efetividade aborda o biênio 2020-2021. Neste período, marcado pela pandemia da Covid-19, o BNDES adotou um conjunto de ações emergenciais para mitigar os efeitos da crise. Também foi um período em que os serviços de estruturação de projetos, que se intensificaram no Banco a partir de 2019, resultaram em concessões e privatizações que têm o potencial de aumentar o acesso a serviços públicos e sua qualidade.

 

Esta edição do relatório traz o recorte do esforço, das entregas e dos impactos do BNDES a partir de sua contribuição para diferentes temas ligados ao desenvolvimento sustentável.

 

Como resultado do biênio, destaca-se o amplo conjunto de iniciativas de apoio emergencial realizado pelo Banco em 2020, diante do grave contexto econômico da pandemia de Covid-19. Conheça algumas entregas realizadas e previstas em decorrência de nossa atuação no biênio.

 

Saúde

 

O período de referência do relatório coincide com a pandemia de Covid-19, de forma que, no tema saúde, houve maior ênfase nas entregas voltadas ao combate à pandemia, como o apoio a mais de três mil novos leitos dedicados ao tratamento de pacientes com Covid e a cerca de 97 milhões de equipamentos de proteção individual (máscaras cirúrgicas, face shields, roupas médicas etc.). Operações no setor de saúde também geraram ou preveem gerar benefício a 1.370 unidades de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Saneamento

 

A atuação do Banco no setor de saneamento, que tem impacto direto em saúde, resultou em nove leilões de projetos estruturados pelo BNDES, no período 2020-2021, que preveem como resultado um volume de capital mobilizado de R$ 70,7 bilhões. Estima-se que, por meio desses projetos, 10,4 milhões de pessoas passarão a ter acesso a serviços de saneamento (água e/ou esgoto). Quando considerada a melhoria da prestação de serviços a partir desses projetos, o número total de beneficiados chega a 17,4 milhões de pessoas.

 

Em avaliação de efetividade contendo análise de projetos de saneamento que contaram com financiamento bancário, verificou-se que um município que recebe um novo projeto de saneamento básico experimenta uma redução de até 1,1% em suas internações hospitalares, considerando o total da população. Para bebês de até um ano de idade, a redução apresentada é de 4,0%.

 

Energia e clima

 

Projetos apoiados por crédito no biênio preveem aumento de 2.456 megawatts em capacidade instalada de geração eólica e 1.388 megawatts de energia solar. Considerando pequenas centrais hídricas e geração por biomassa, são 3,9 gigawatts de acréscimo previsto de capacidade de geração por fontes renováveis aprovados em 2020 e 2021. Estima-se que essa energia seja suficiente para atender ao consumo de 14,6 milhões de domicílios e cerca de 42,2 milhões de pessoas. Tal apoio permitirá, durante a vida útil dos projetos, evitar a emissão de 24 milhões de toneladas de gás carbônico equivalente. Esse volume de emissões evitadas corresponde a cerca de nove anos de emissão de toda a frota de veículos da cidade de São Paulo, reforçando o trabalho do Banco para o estímulo à resiliência e à capacidade de adaptação a riscos relacionados ao clima e às catástrofes naturais.

 

Cidades sustentáveis

 

O apoio à implantação da Linha 6 do metrô da cidade de São Paulo prevê a extensão de 15 quilômetros de vias permanentes, a construção de 15 estações e a aquisição de 132 carros de metrô. Estima-se que esse projeto atenderá a 633 mil usuários por dia útil.

 

Em avaliação de efetividade contratada pelo BNDES sobre diversos projetos de mobilidade urbana realizados entre 2009 e 2018 no município do Rio de Janeiro (implantação e expansão de linhas de metrô, novos corredores de BRT, implantação de VLT e artérias rodoviárias), concluiu-se que os investimentos analisados reduziram o tempo de deslocamento ao usar transportes públicos. As evidências mostraram, ainda, redução na poluição atmosférica, efeitos positivos na saúde e na atividade econômica, com aumento do número de empresas e empregos.

 

Florestas

 

Destacam-se como resultado nesse tema, as mais de 13 mil pessoas diretamente beneficiadas e quase um milhão de hectares de área de florestas que passaram a ser manejadas em decorrência dos projetos apoiados. Em monitoramento e controle, foram capacitados 4,6 mil servidores como resultados de operações do Fundo Amazônia e foram apoiadas 470 missões de fiscalização ambiental. No componente de ordenamento territorial, têm destaque as cinco novas unidades de conservação apoiadas.

 

Conheça mais sobre os resultados da atuação do BNDES no Relatório de Efetividade 2020-2021

 

 

Conteúdos relacionados

 

Financiando o desenvolvimento sustentável: o papel dos bancos de desenvolvimento

 

BNDES lança estudo sobre sua atuação anticíclica durante a crise da Covid-19

 

Edição especial da Revista do BNDES reúne 15 artigos sobre sustentabilidade

 

*campo obrigatório