Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

18:49 23 de July de 2024

Blog do Desenvolvimento

O BNDES e o desafio de elevar o estoque de capital da economia

Edição n. 26/2024

O Brasil enfrenta o desafio de mudar o patamar dos investimentos e, com isso, elevar o estoque de capital da economia. Essa não é tarefa trivial, mas é fundamental ter a dimensão do papel do BNDES no financiamento desses investimentos.

A partir dos dados disponíveis para os últimos 15 anos, o Estudo Especial 26 avalia o desempenho do estoque de capital nos segmentos ligados à atuação do banco, compara com os números da instituição e mensura as necessidades de recursos para elevar o atual estoque de capital da economia. Para isso, busca responder três questões:

 

  1. Há relação positiva entre a atuação do BNDES e o estoque de capital da economia?

O estudo observou forte semelhança entre a flutuação do estoque de capital e da carteira de crédito do BNDES. A correlação entre as taxas de variações anuais do estoque de capital analisado e do saldo da carteira de crédito para investimentos do BNDES ficou em 0,87, no período de 2008 a 2023.

 

  1. Qual é a necessidade de aumento de estoque de capital da economia?

Tendo como referência diagnóstico do Banco Mundial de que o Brasil deveria investir 3,7% do PIB por ano para eliminar gargalos de infraestrutura que dificultam o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU pelo país, buscou-se identificar o que essa recomendação representaria em termos de trajetória do estoque de capital. Observa-se que a variação no estoque de capital de infraestrutura entre 2007 e 2023 é menor nos dados como proporção do PIB do que em reais (R$), ambos a preços de 2023, o que mostra a dificuldade em elevar o estoque de capital em relação ao PIB.

 

  1. Qual é a necessidade de financiamento de investimentos?

Para alcançar os 3,7% do PIB ao ano de investimentos em infraestrutura, os valores dos financiamentos para o setor precisariam, diante das projeções de crescimento da economia, mais do que dobrar (aumento de 113%, a preços constantes).

A superação dos gargalos de infraestrutura e a modernização do parque industrial, entre outros objetivos, requerem ações em diversas frentes, por vários atores, por meio de parcerias e investimento público e privado. Para elevar o estoque de capital da economia, de modo a produzir uma melhora expressiva nos indicadores econômicos e sociais, será necessário um esforço bem maior do que o realizado nos últimos anos por parte do mercado de crédito e de capitais – em particular, pelo BNDES.

 

>>Acesse o estudo completo

 

Conteúdos relacionados

A formação bruta de capital fixo: investimento para crescimento econômico

Investimento em capital fixo no Brasil: um retrato de longo prazo

Para recuperar dinamismo econômico, Brasil precisa elevar sua taxa de investimento

*campo obrigatório