Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

16:49 23 de July de 2024

Blog do Desenvolvimento

Por: Agência BNDES de Notícias

16:56 20/06/2024

Agência Brasil

BNDES Verde: economia azul, inclusão socioprodutiva e desenvolvimento urbano resiliente são destaques da semana

No mês em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), apresentamos uma série, dividida em 4 partes, com as principais iniciativas do BNDES relacionadas ao tema. Os destaques da 3ª semana são: “BNDES Azul”, Apoio à inclusão produtiva urbana e rural com geração de renda e trabalho e Financiamento à gestão pública e desenvolvimento urbano resiliente.

Nova frente para desenvolver a economia azul brasileira, o BNDES Azul tem R$ 22 bilhões em carteira com investimentos focados em pesquisas dos usos possíveis do mar, por meio do Planejamento Espacial Marinho (PEM), na descarbonização da frota naval e na infraestrutura portuária.

Em relação à inclusão produtiva, o Banco apoia catadores de materiais recicláveis e o fortalecimento da agricultura familiar. Quanto à gestão pública e desenvolvimento urbano, o BNDES apoia, por exemplo, a mitigação e adaptação diante das mudanças climáticas. 

 

  1. BNDES AZUL

 

BNDESAzul_Arquivo Agência BrasilAgência Brasil

 

  • O BNDES tem R$ 22 bilhões em carteira relacionados à economia azul.
  • Planejamento Espacial Marinho (PEM) da costa brasileira, incentivos à inovação e descarbonização da frota naval, estímulo à infraestrutura portuária e apoio a projetos de recursos hídricos via Fundo Clima são as principais frentes da iniciativa BNDES Azul. 
  • O Banco já contratou o PEM Sul e PEM Sudeste.
  • A iniciativa “BNDES Corais” destina até 60 milhões do Fundo Socioambiental do Banco para a preservação e recuperação de arrecifes na costa nordestina. A iniciativa atenderá o litoral do Nordeste e parte do Espírito Santo, cobrindo cerca de 3 mil dos 8,5 mil quilômetros da costa brasileira. 

 

  1. APOIO À INCLUSÃO PRODUTIVA URBANA E RURAL COM GERAÇÃO DE RENDA E TRABALHO

 

Inclusão produtiva_Elmiro de Deus - Governo do TocantinsElmiro de Deus, Governo do Tocantins

 

Apoio aos catadores de materiais recicláveis - logística reversa:

 

  • Contratados cerca de R$ 160 milhões em investimentos para cerca de 120 cooperativas de forma direta e indireta, desde 2006.
  • Fortalecimento de cooperativas de catadores de materiais recicláveis em várias cidades do país, com apoio ao instituto Recicleiros e investimentos de R$ 19 milhões, sendo de R$ 9,5 milhões do BNDES.

 

Apoio ao fortalecimento da agricultura familiar – Agroecologia, Produtividade e Tecnologias Sociais

 

  • Fortalecimento da agricultura familiar e sustentável para produção de alimentos saudáveis e em quantidade, com produtividade e sustentabilidade;
  • Apoio a inclusão produtiva rural, com cerca de R$ 350 milhões, no período 2009-2020;
  • Edital de Saneamento nas Escolas - Piloto no Marajó, no valor total: 43 milhões com apoio BNDES: 20 milhões.

 

  1. FINANCIAMENTO À GESTÃO PÚBLICA E DESENVOLVIMENTO URBANO RESILIENTE

 

BRT-ABC-Pista Reprodução EMTUBRT-ABC. Reprodução EMTU

     

Instrumentos de apoio:

 

  • Fundo Clima – Modalidade Desenvolvimento Urbano Resiliente e Sustentável
  • Linhas de Financiamento voltadas à modernização da gestão municipal (BNDES PMAT) e estadual (BNDES PMAE);
  • Linha de Financiamento para modernização da Segurança Pública e Defesa Social;
  • Linha Desenvolvimento Integrado dos Municípios;
  • Programa Investimentos Estaduais de Impacto – BNDES Invest Impacto.

 

Resultados:

 

  • Apoio a modernização da gestão urbana e fortalecimento da pronta resposta: linhas de financiamento PMAT, PMAE e Segurança Pública;
  • Investimentos em infraestrutura para mitigação e adaptação climática: Desenvolvimento Integrado dos Municípios e BNDES Invest Impacto;
  • Apoio a municípios com Fundo Clima e Linha Desenvolvimento Integrado de Municípios, visando adaptação climática, eficiência energética e uso de soluções baseadas na natureza;
  • Possibilidade de uso do Fundo Clima no âmbito do Programa BNDES Invest Impacto;
  • Apoio ao Centro de Operações e Resiliência do Município do Rio de Janeiro, no valor de R$ 29 milhões, no âmbito do PMAT;
  • Investimentos voltados à priorização de modelos mais sustentáveis de ocupação do espaço urbano e de racionalização dos serviços públicos;
  • Investimentos associados à redução do risco de exposição a eventos climáticos extremos, como inundações, deslizamentos de terra, ondas de calor e limitações no suprimento de água doce, especialmente para populações mais vulneráveis economicamente;
  • Desenvolvimento de processos, sistemas e protocolos integrados de atuação, incorporação de tecnologias de monitoramento, alerta e alarme e comando e controle para gestão urbana;
  • Ações de equipagem e capacitação de equipes para atuação multiagência na prevenção e na pronta resposta em eventos de risco;
  • Elaboração de estudos e projetos e adequação de instalações físicas para alojamento de pessoas durante os procedimentos de evacuação de áreas de risco;
  • Elaboração de planos e projetos de engenharia voltados à adaptação e resiliência climática dos municípios;
  • Investimentos em infraestrutura urbana para adaptação climática, com contenção de encostas, proteção de áreas costeiras (construções de espigões, engorda de faixa de areia), sistemas de drenagem urbana (macrodrenagem, bacias de retenção – “piscinões”, implantação de áreas verdes nas cidades), sistemas de captação de água para atendimento a regiões de estresse hídrico e Urbanização complementar - esgotamento sanitário, microdrenagem, pavimentação, arruamento/calçamento.
  • Possibilidade de apoio à construção de Habitações de Interesse Social para remoção de população residente em áreas de risco.

    Na parte 4, saiba mais sobre as iniciativas: Apoio ao desenvolvimento regional sustentável e Infraestrutura.
*campo obrigatório