Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

Sun Jan 29 07:26:54 CET 2023 Sun Jan 29 07:26:54 CET 2023

Por: Agência BNDES de notícias

Publicação:15:11 13/01/2023 |INSTITUCIONAL

Ultima atualização: 15:22 13/01/2023

O Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) elegeu como novos diretores, em reunião realizada na quinta-feira (12), Alexandre Corrêa Abreu, José Luis Pinho Leite Gordon, Nelson Henrique Barbosa Filho e Luiz Augusto Fraga Navarro de Britto Filho. Eles tomaram posse nesta sexta-feira (13).

Alexandre Corrêa Abreu será o diretor de Finanças e Crédito Digital para MPMEs (DIR3) e vai liderar as áreas Financeira, de Controladoria e de Operações e Canais Digitais. Ele também assume, interinamente, a Presidência do BNDES, a DIR1 (que responder pelas áreas de Tecnologia da Informação e de Suporte ao Negócio) e a DIR4 (Área de Mercado de Capitais, Participações e Reestruturação de Empresas). Alexandre atuou durante 30 anos no Banco do Brasil, onde foi presidente. Também presidiu o Banco Original, entre 2019 e 2022. Integrou conselhos em empresas como Cielo e Banco Votorantim e foi membro da diretoria executiva da Febraban.

Indicado para a nova Diretoria de Desenvolvimento Produtivo e Inovação (DIR7), José Luis Pinho Leite Gordon assume as áreas de Área de Gestão Pública e Socioambiental e de Indústria, Serviços e Comércio Exterior. Doutor em Economia pela UFRJ, com várias publicações na área de Inovação, Gordon foi assessor especial do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Ministério da Educação no governo Dilma Rousseff. Também atuou como secretário-executivo da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

PhD em Economia pela New School for Social Research, o novo diretor de Planejamento (DIR8), Nelson Henrique Barbosa Filho vai liderar as áreas de Área de Planejamento Estratégico, de Saneamento, Transporte e Logística e de Energia. Ele também assume, interinamente a DIR5 (responsável pelas áreas de Governo e Relacionamento Institucional, Parcerias em Infraestrutura Social e Serviços Ambientais e de Parcerias em Infraestrutura Econômica e Desinvestimento). Ele foi ministro da Fazenda e do Planejamento no governo Dilma Rousseff. Também presidiu o Conselho de Administração do Banco do Brasil e compôs o Conselho de Administração da Vale e do BNDES. Barbosa também já atuou como assessor da Presidência do Banco entre 2005 e 2006. É professor da Escola de Políticas Públicas e Governo (EPPG), da FGV.

Para a Diretoria de Compliance e Riscos (DIR9), foi indicado Luiz Augusto Fraga Navarro de Britto Filho, que será responsável pelas áreas de Integridade e Compliance e de Gestão de Riscos. Formado e pós-graduado em Direito pela Universidade de Brasília (UnB). Ele possui mestrado em Políticas Anticorrupção pela Universidade de Salamanca. É consultor legislativo do Senado Federal e membro do Comitê Consultivo Sênior da Academia Internacional Anticorrupção. Já foi ministro-chefe da CGU (Controladoria Geral da União), presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República (CEP) e membro do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

O presidente e os outros cinco diretores indicados serão efetivados nas suas funções após a finalização dos trâmites de governança aplicáveis, incluindo a deliberação pelo Conselho de Administração do BNDES, prevista até o fim de janeiro.