BNDES - Agência de Notícias

05:27 08 de December de 2019

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:18:33 29/07/2019 |INSTITUCIONAL |SUDESTE

Ultima atualização: 18:35 29/07/2019

Divulgação IRB Brasil RE
Sede do IRB Brasil Resseguros, no Rio de Janeiro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) concluiu a venda de 36,5 milhões de ações ordinárias do IRB Brasil Resseguros S.A. pertencentes à União, que estavam depositadas no Fundo Nacional de Desestatização. Com a alienação do montante, equivalente a 11,7% do capital da empresa, o Tesouro Nacional recebeu cerca de R$ 3,2 bilhões.

A operação, que se deu por meio de oferta pública realizada em conjunto com a BB Seguridade (que detinha 47,5 milhões de ações), foi concluída na terça-feira (23) e comunicada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última quarta-feira (24). No total, as ações correspondem a 27% do capital do IRB e foram vendidas por R$ 7,4 bilhões.

A alienação das ações visa atender à orientação do Governo Federal de desmobilização de ativos não estratégicos, permitindo que “a administração pública federal concentre seus esforços nas atividades em que a presença do Estado seja fundamental para a consecução das prioridades nacionais”. A União mantém uma ação preferencial de classe especial (golden share) que confere as prerrogativas de poder indicar o presidente do conselho de administração e vetar alterações no objeto social do IRB, entre outros direitos.

Preço – O preço final, estabelecido a partir de processo de bookbuilding, foi de R$ 88,00/ação, contando com a participação de diversos investidores.

O BB-Banco de Investimento S.A. atuou como coordenador líder da oferta pública, que contou também com a participação do Bank of America Merrill Lynch Banco Múltiplo S.A., Banco Bradesco BBI S.A., Caixa Econômica Federal, Citigroup Global Markets Brasil, Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A., Banco Itaú BBA S.A. e UBS Brasil Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A.