BNDES - Agência de Notícias

23:56 31 de March de 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:16:20 07/02/2020 |CULTURA |SUL

Ultima atualização: 17:30 07/02/2020

Samuel Smith/BNDES

 

  • Mercado vai abrigar feira de artesanato regional e será palco de apresentações culturais
  • Projeto de requalificação devolve área de importância histórica, movimenta economia local do turismo e gera receitas para o município
  • Público anual é estimado em cerca de 50 mil pessoas pela Fundação Lagunense de Cultura


Em 1º de fevereiro, os moradores de Laguna (SC) receberam o Mercado Público da cidade, totalmente restaurado graças a uma parceria do BNDES com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e a prefeitura de Laguna. A solenidade de entrega da obra de restauro ocorreu na sexta, 31 de janeiro com representantes do BNDES, do IPHAN e da Prefeitura de Laguna.

 

MERCADO_PUBLICO_LAGUNA_SAMUEL_SMITH (41)

 


O gerente do Departamento de Desenvolvimento Urbano, Cultura eTurismo do BNDES, Fabrício Brollo, explicou que um dos principais diferenciais do projeto de revitalização do Mercado Público de Laguna é contribuir para uma mudança de percepção da comunidade em relação ao patrimônio cultural da cidade, devolvendo aos moradores um espaço de importância histórica que pode ser tanto uma fonte de conhecimento quanto de rentabilidade financeira. “Nossa atuação busca a preservação do patrimônio de forma sustentável, mas com foco no desenvolvimento da cidade e no fortalecimento da economia e do turismo“, complementa.

 

“Nossa atuação busca a preservação do patrimônio de forma sustentável, mas com foco no desenvolvimento da cidade e no fortalecimento da economia e do turismo“, complementou o gerente do Departamento de Desenvolvimento Urbano, Cultura e Turismo do BNDES, Fabrício Brollo.

 

Mercado Público de Laguna Localizado no perímetro do Centro Histórico de Laguna – tombado pelo IPHAN desde 1985 e que abriga cerca de 600 edificações – o Mercado Público foi construído em estilo Art Déco no ano de 1958. 


As obras incluíram a restauração do telhado e a substituição total das telhas e do piso cerâmico interno. Também foram recuperadas as escadas e o ladrilho hidráulico da área externa e foram refeitas todas as instalações elétricas e hidrossanitárias, além da instalação de um elevador e da construção de um deque de madeira com 12 metros de avanço para a lagoa Santo Antônio dos Anjos, prolongando a área pública do Mercado. Ao todo, foram investidos R$ 5,7 milhões no projeto de requalificação, sendo R$ 3,8 milhões recursos do Fundo Cultural do BNDES e R$ 1,9 milhão da prefeitura. 


O espaço contará ainda com um restaurante na parte superior e um mirante com vista para todo o Centro Histórico de Laguna. “Com a revitalização do Mercado Público, que sempre foi o coração do comércio da cidade, o Centro Histórico de Laguna vai poder se transformar em um espaço mais dinâmico e um ponto de encontro e convivência, fortalecendo a economia da cidade e gerando novos empregos”, conta a presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Mirella Honorato. “Estimamos um público anual de cerca de 50 mil pessoas”, complementa. 


“Agora, o Centro Histórico de Laguna vai poder se transformar em um espaço mais dinâmico e um ponto de encontro e convivência, fortalecendo a economia da cidade e gerando novos empregos”, conta a presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Mirella Honorato

 

O Mercado Público de Laguna está aberto para visitação de terça a sábado, quando é montada feira de artesanato regional com apresentações culturais.