BNDES - Agência de Notícias

10:53 24 de September de 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:19:54 19/05/2020 |SAÚDE |SUDESTE

Ultima atualização: 18:11 21/05/2020

HSFPD/Divulgação
Serão 80 novos leitos clínicos e 28 de UTI

 

ATUALIZAÇÃO NOTA BNDES (21/05/20):

 

A Associação Lar São Francisco comunicou ao Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), hoje, dia 21, a desistência da operação  de crédito do Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus. A associação informou  ter viabilizado doações de empresas e instituições privadas para o mesmo objetivo: a abertura de 108 leitos (80 leitos clínicos e 28 leitos de UTI) destinados ao SUS no Hospital São Francisco da Providência de Deus, no Rio de Janeiro. O BNDES esclarece que, em razão dessa comunicação, a operação será cancelada e que nenhum recurso foi liberado porque o contrato estava em etapa de celebração. Também informa que continuará com as tratativas para novos apoios a outras iniciativas da instituição.

 

PUBLICADO EM 19/05/20:

 

Com R$ 15 mi aprovados, Hospital São Francisco na Providência de Deus instalará 80 leitos clínicos e 28 de UTI, aumentando em 50% sua capacidade 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 15 milhões para a instituição filantrópica Lar São Francisco. O recurso será utilizado para a abertura de 108 leitos destinados ao SUS no Hospital São Francisco na Providência de Deus, no Rio de Janeiro, uma das referências para o tratamento de Covid na cidade. 

Os 108 leitos — sendo 80 leitos clínicos e 28 de UTI — serão provisórios, e o orçamento apresentado prevê sua operação durante três meses, de maio a julho de 2020. O custo inclui exames, equipamentos de proteção individual, recursos como energia, água e gás, material médico, descartáveis, higienização, dentre outros.

O apoio foi aprovado no escopo do Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus e, de acordo com o superintendente de Gestão Pública e Socioambiental do Banco, Júlio Leite, "seu principal diferencial é a ativação de leitos temporários dedicados a pacientes de covid19, de forma similar a hospitais de campanha, mas em uma instituição filantrópica já existente, o que resulta em custos e tempo menores de implantação". Ele destaca ainda a agilidade na aprovação da operação pelo BNDES, que contribui para mitigar o cenário de sobrecarga da oferta de leitos SUS no Rio de Janeiro.

Lar São Francisco – A Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, fundada em 1985. Embora sua sede esteja localizada no município de Jaci (SP), estende sua atuação a 25 municípios nos Estado de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Paraná, Pará e Goiás. 

A associação administra 36 unidades de saúde, incluindo hospitais gerais e específicos, ambulatórios e farmácias, além de unidades de assistência social. Dos atendimentos realizados em suas unidades, 70% são destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

O hospital São Francisco na Providência de Deus, no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro, é a maior das unidades de saúde do Lar São Francisco, com 762 leitos, dos quais 82 são de UTI e 200 destinados ao SUS. Entre outras especialidades, é referência no tratamento de HIV e também para grandes transplantes. 

O hospital é um dos três designados pela associação para o combate prioritário à Covid-19. Os outros dois são o Hospital Universitário São Francisco de Assis, em Bragança Paulista (SP), e o Hospital Regional de Ilha Solteira (SP). 

Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus – Lançada no final de março como uma das ações do BNDES para enfrentamento do coronavírus, a iniciativa concede crédito emergencial para aumento da oferta de leitos emergenciais e equipamentos críticos para a saúde.

O programa, com orçamento de R$ 2 bilhões, destina-se a prestadores de serviços hospitalares e de montagem e gestão de leitos emergenciais. Empresas de outros setores que buscam converter suas produções em equipamentos e insumos para saúde também podem ser contempladas. 

A previsão é de que os recursos viabilizem incorporar ao sistema de saúde do país até três mil novos leitos de UTI, quinze mil respiradores pulmonares e 88 milhões de máscaras.

O Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus se junta a outras iniciativas desenvolvidas pelo Banco — como o BNDES Crédito para Folha de Pagamentos, o Mais Capital de Giro e o Suspensão de Pagamentos — voltadas à saúde e à economia durante a epidemia.

Desde 13 de abril, já foram aprovados R$ 198 milhões em 7 operações, levando a um impacto de 2770 leitos para o atendimento a pacientes infectados pela Covid-19, 500 mil kits de diagnóstico e 1500 monitores de acompanhamento médico, além de respiradores pulmonares e máscaras cirúrgicas.