BNDES - Agência de Notícias

Thu Feb 27 07:29:15 UTC 2020 Thu Feb 27 07:29:15 UTC 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:14:17 22/01/2020 |INDÚSTRIA |CENTRO-OESTE |SUL

Ultima atualização: 14:19 22/01/2020

Divulgação Lar Cooperativa Agroindustrial

A Lar Cooperativa Agroindustrial vai investir R$ 67 milhões na ampliação da unidade de recria de aves e unidade industrial de rações, ambas em Santa Helena, Extremo Oeste do Paraná, e implantação de uma unidade de recebimento e armazenagem de grãos e insumos em Bela Vista, no Sudoeste de Mato Grosso do Sul. O projeto conta com financiamento de R$ 62,5 milhões (93,2% do total a ser investido) aprovado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O projeto prevê investimentos em Santa Helena em três novos núcleos de recria de aves, que terão a capacidade adicional de alojamento de 450 mil aves, em instalações com alto nível de controle genético e sanitário. A capacidade de produção de ração da unidade industrial será ampliada de 70 mil para 76 mil toneladas por mês, o que garantirá o abastecimento da cadeia avícola pelos próximos dois anos e meio. A unidade de Bela Vista (MS) terá a capacidade de receber 400 mil sacas de soja e 350 mil sacas de milho, bem como armazenar 30 mil toneladas de grãos.

De acordo com o BNDES, os investimentos atenderão à demanda dos pequenos e médios produtores cooperados que integram a cadeia produtiva da avicultura, contribuindo para a ampliação das exportações da cooperativa, já que a ração é um dos insumos mais importantes na atividade e a recria é a fase da criação em que ocorre o ganho de peso das aves. Outras vantagens do projeto são a redução de gargalo de armazenagem de grãos em Mato Grosso do Sul e a criação de 71 empregos diretos.

A Lar atua nos segmentos agrícola, pecuário e agroindustrial, na produção e comercialização de alimentos. Com sede em Medianeira (PR) desde 1972, a cooperativa atua nos 13 municípios do Extremo Oeste paranaense, bem como em 14 municípios do sul de Mato Grosso do Sul e um no Oeste de Santa Catarina. A Lar teve em 2018 um faturamento bruto de R$ 6,4 bilhões e contava com 12.984 funcionários e 10.929 associados, ao final de março de 2019.

O financiamento conta com recursos do orçamento de dois programas que fazem parte do Plano Safra 2019/2020: o Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop), que busca apoiar a modernização de sistemas produtivos agroindustriais das cooperativas brasileiras, e o Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), criado para apoiar investimentos em ampliação, modernização, reforma e à construção de armazéns de grãos, frutas, bulbos, hortaliças, fibra e açúcar.