BNDES - Agência de Notícias

01:33 19 de August de 2019

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:12:30 16/01/2019 |CULTURA |SUDESTE

Ultima atualização: 17:59 16/01/2019

André Telles/Divulgação BNDES
Obras do artista plástico Luiz Alphonsus ficam expostas na galeria do Espaço Cultural BNDES até o dia 29 de março

● Exposição abre a programação da galeria do Espaço Cultural BNDES em 2019

 

Luiz Alphonsus, artista mineiro radicado no Rio de Janeiro, um dos mais representativos da geração de 70, ganha retrospectiva no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio. Com curadoria da crítica de arte Daniela Name, a mostra Cartografia poética, que reúne cerca de 80 obras em variados suportes, além de documentos, anotações e projetos, foi aberta ao público nesta quarta-feira, 16.

“Nessas obras, as noções de mapa, itinerário e de inventário aparecem de maneira literal, mas também como ponto de partida para uma reflexão do artista sobre seus papéis e os papéis que cada um pode ter e ocupar numa cidade e no mundo”, explica Daniela Name.

Neto do poeta simbolista Alphonsus de Guimaraens, Luiz Alphonsus integrou um grupo não-programático de artistas dos anos 70, como Cildo Meireles, Guilherme Vaz e Arthur Fontes – geração que respondeu com a desmaterialização da obra de arte à rigidez política de sua época.

 

Fotos: Cartografia poética faz retrospectiva da obra de Luiz Alphonsus (16/01/18)
Luiz Alphonsus, um dos artistas plásticos brasileiros mais representativos da geração 70

 

Com trabalhos importantes da trajetória de Luiz Alphonsus, a mostra traz dois grandes destaques: a instalação Ambiente (1969), destruída  pelo incêndio no MAM-RJ em 1978, que será refeita a partir das maquetes e projetos originais, e uma obra da série 60 white meters, inédita, que ocupará a área externa da galeria.

A “cartografia” que denomina o projeto se apresenta numa série de experimentações formais e conceituais em torno da representação da paisagem e da geografia do Rio de Janeiro, não apenas no que diz respeito às questões naturais, mas também aos seus habitantes. Nas obras, as noções de mapa, itinerário e de inventário surgem de maneira literal, mas também como ponto de partida para uma reflexão sobre os papéis que cada um pode exercer na cidade e no mundo.

Além das obras expostas, o projeto pretende gerar uma série inédita de fotografias de Luiz Alphonsus, em continuidade à série Bares cariocas. Os visitantes da Galeria BNDES serão convidados a participar de tours por bares do Centro do Rio, em atividade que enfatizará a relevância destes estabelecimentos como fontes de imagens, cultura e memória na cidade. Haverá também caminhadas pelos arredores para apresentar prédios históricos, marcos arquitetônicos e curiosidades urbanas – passeios seguidos de bate-papo na Galeria BNDES.

ProgramaçãoCartografia poética abre o calendário de exposições do Espaço Cultural BNDES, que receberá ainda neste ano mais três exposições selecionadas no último concurso: uma mostra com o acervo de criadores populares do Museu do Pontal, a coletiva Da Linha ao Fio – reunindo artistas jovens e outros já consagrados – e uma individual que celebra os 60 anos de Brígida Baltar.

Serviço

Cartografia poética

Quando: De 16 de janeiro a 29 de março, de segunda a sexta, exceto feriados, das 10h às 19h, com visitas guiadas às 12h30 e, nas quartas e quintas, também às 18h15

Onde: Espaço Cultural BNDES – Avenida República do Chile, 100, Centro – Rio de Janeiro, RJ]

Entrada gratuita

 

Veja mais imagens da mostra na Galeria de Fotos