BNDES - Agência de Notícias

14:06 29 de October de 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:10:00 22/08/2020 |ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Ultima atualização: 15:37 24/08/2020

Fernando Frazão - Agência Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) homologou, nesta quinta-feira, 20, o consórcio Postar como vencedor do processo de seleção para realização dos estudos que indicarão alternativas de parceria com a iniciativa privada para gestão do serviço postal no Brasil. O trabalho do grupo formado por Accenture do Brasil Ltda e Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados, considerará a necessidade de atendimento universal do serviço no território nacional brasileiro. Atualmente o serviço é prestado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Dentre as externalidades esperadas pelo estudo estão a expansão da qualidade da infraestrutura pública e a melhoria dos serviços públicos a partir da ampliação dos investimentos.

Participaram da seleção, que teve início em maio, nove consórcios. Após conclusão da primeira etapa de análise da qualidade técnica dos participantes e do preço ofertado por cada um, os três grupos mais bem colocados foram convocados para apresentação de nova proposta comercial. Nesta etapa, o Postar apresentou o menor preço (R$ 7,89 milhões).

Após contratado, o consórcio selecionado realizará os estudos que indicarão as alternativas de desestatização para o setor postal e embasarão a decisão do Governo.

Os estudos serão coordenados pelo BNDES com a supervisão do Comitê Interministerial instituído pelo Decreto 10.066/2019, que incluiu a ECT no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O Comitê, formado por membros dos Ministérios da Economia e Comunicações e da própria ECT, tem como objetivo acompanhar e opinar sobre os estudos que serão realizados.

Desestatizações – Atuando junto a todos os níveis da federação, o BNDES possui, atualmente, diversos projetos em estruturação que abrangem setores como saneamento, iluminação pública, rodovias, mobilidade urbana, energia elétrica e portuário. Saiba mais sobre as etapas de um processo de desestatização em www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/conhecimento/noticias/noticia/infografico-etapas-desestatizacao.