BNDES - Agência de Notícias

14:16 04 de Agosto de 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:12:05 03/07/2020 |INDÚSTRIA |SUL

Ultima atualização: 11:35 03/07/2020

Divulgação Grupo Pioneiro
Planta da Frangos Pioneiro, em Joaquim Távora, Norte Pioneiro do Paraná

Parte importante da indústria de alimentos segue apostando no futuro. Por esta razão, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 27,4 milhões para a Frangos Pioneiro Indústria e Comércio de Alimentos Ltda. A empresa decidiu ampliar sua capacidade industrial e modernizar fábricas em Joaquim Távora (PR) e Ribeirão do Pinhal (PR). E, assim, criar 120 novos empregos diretos.

“A aprovação da operação de financiamento neste momento pelo qual passam as economias brasileira e mundial demonstra que o agronegócio nacional, além de manter sua atividade neste período, possui perspectivas positivas para o futuro. Demonstra também o engajamento da empresa em adotar as melhores práticas de governança corporativa para fazer frente aos desafios advindos de seu crescimento robusto nos últimos anos”, afirma Mauro Mattoso, chefe do Departamento do Complexo Agroalimentar e de Biocombustíveis da Área de Indústria, Serviços e Comércio Exterior do BNDES.

 

pioneiro2

Unidade industrial da Frangos Pioneiro: investimentos em qualidade e produtividade

 

Frango – A unidade industrial localizada em Joaquim Távora tem previstos  R$ 34,2 milhões em investimentos, a maior parte financiados pelo BNDES, para ampliar sua capacidade de abater em 10 mil aves por dia, de 190 mil para 200 mil. Para tanto, haverá intervenções em partes do processo produtivo, investimentos em rastreabilidade, automação de processos, controle de qualidade, armazenagem e manejo ambiental, além de expansão do ambiente destinado ao descanso de funcionários. Com os investimentos previstos, a produção estará apta com as exigências para exportação em vários países.

Ração – A empresa também ampliará a capacidade de produção de ração nas unidades localizadas em Joaquim Távora e Ribeirão do Pinhal com investimentos em  automação, aquisição de equipamentos, obras civis e melhoria de processos.

Governança corporativa – Como uma das obrigações da operação, a empresa se comprometeu a criar um conselho de administração formal com pelo menos um conselheiro independente em linha com as melhores práticas de governança.

Mercado – A carne de frango ocupa o segundo lugar no ranking das proteínas animais terrestres mais produzidas e consumidas no mundo, em 2019, segundo dados do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). Sua taxa de crescimento anual (2,39% a.a.) foi maior que a do setor de bovinos (0,59% a.a.), entre 2012 e 2019.  Em 2019, os maiores produtores mundiais de carne de frango foram, respectivamente, os EUA (20,1%), o Brasil (13,8%), a China (13,2%) e a União Europeia (12,6%). O Brasil é o principal exportador de carne de frango do mundo, com 3,7 milhões de toneladas. Os maiores importadores de carne de frango do mundo são o Japão, o México, a União Europeia e a China.