BNDES - Agência de Notícias

Sat Jan 23 09:42:24 UTC 2021 Sat Jan 23 09:42:24 UTC 2021

Por: Agência BNDES Notícias

Publicação:17:18 15/12/2020 |INFRAESTRUTURA

Ultima atualização: 17:28 15/12/2020

Deposit Photos
  • Complexo Fotovoltaico Pedranópolis produzirá energia renovável com capacidade de atender 125 mil residências
  • Planta vai gerar cerca  de 1.400 postos de trabalho

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o financiamento de R$ 191 milhões para construção de três usinas fotovoltaicas com 90 megawatts de capacidade instalada e geração de energia limpa e renovável suficiente para o abastecimento de 125 mil residências. O projeto será implantado no município de Pedranópolis, no Noroeste de São Paulo, e deverá gerar quase 1.400 empregos. A entrada em operação está prevista para dezembro de 2021.

 

O Complexo Fotovoltaico Pedranópolis é um investimento da Powertis S.A., empresa de origem espanhola pertencente ao mesmo grupo da fabricante de trackers (suportes de painéis solares) Soltec Brasil Indústria Comércio e Serviços de Energia Renováveis Ltda. Esse é o segundo financiamento do BNDES para projetos de geração solar à empresa. Em outubro, o BNDES também aprovou o crédito para a construção do Complexo Fotovoltaico Araxá (MG), no valor de R$ 194 milhões.

 

“A aprovação do financiamento para a implantação do Complexo Fotovoltaico Pedranópolis traduz o compromisso do BNDES com o desenvolvimento de fontes de energia limpas e renováveis”, afirmou a Superintendente da Área de Energia do BNDES, Carla Primavera.

 

O financiamento do BNDES para a implantação de usinas de geração solar está alinhado ao esforço do Plano Nacional sobre Mudanças Climáticas (PNMC) para redução das emissões de gases de efeito estufa. O plano prevê manter elevada a participação de energia renovável na matriz elétrica brasileira, preservando posição de destaque que o Brasil sempre ocupou no cenário internacional. O esforço do Banco também vai ao encontro do Plano Nacional de Energia 2030, do Governo Federal, com estratégias para expansão de energia econômica e sustentável pelos próximos dez anos.

 

BNDES Finem – É o programa de financiamento acima de R$ 10 milhões voltado a projetos de investimento em geral. O apoio se estende a praticamente todos os segmentos econômicos, tendo como um dos principais critérios de avaliação os benefícios sociais destas iniciativas. As condições financeiras oferecidas também estão associadas às prioridades de apoio do BNDES. O Complexo Fotovoltaico Pedranópolis, por exemplo, contribui para a manutenção da cadeia de fornecedores de equipamentos fotovoltaicos estabelecida no Brasil, além de adicionar capacidade de geração de energia elétrica limpa e renovável.