Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

08:24 30 de November de 2022

Publicação:15:52 27/06/2022 |INSTITUCIONAL

Ultima atualização: 09:41 28/06/2022

Iniciativa faz parte do programa Brasil Mais, do Ministério da Economia, e tem potencial de impactar 1.200 empresas

SENAI lançará chamadas públicas para desenvolvimento de tecnologias tendo como foco final MPMEs

Apoio de R$ 20 milhões do BNDES corresponde a 50% do total do orçamento da ação, que também contará com recursos do Ministério da Economia, ABDI, SENAI e empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou apoio de até R$ 20 milhões não-reembolsáveis para estímulo a projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) com foco em indústria 4.0 e transformação digital em Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs). Os recursos, provenientes do BNDES Funtec, serão direcionados ao Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI), responsável pela gestão da iniciativa, que também é apoiada pelo Ministério da Economia e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial. A ação – que faz parte do Programa Brasil Mais, acordo de cooperação técnica estabelecido em 2019 entre SENAI e o Ministério da Economia – foi anunciada nesta segunda-feira (27) na sede da CNI, em Brasília.

“A iniciativa ajuda a promover o desenvolvimento tecnológico de soluções para a Indústria 4.0 e permitirá que as aplicações desenvolvidas sejam disseminadas, propiciando o aumento de produtividade das micro pequenas e médias empresas, o que é fundamental para a competitividade da indústria nacional”, declara o diretor de crédito produtivo do BNDES, Bruno Aranha.

A expectativa é que sejam desenvolvidas até 60 soluções dentro dos 88 institutos SENAI de Inovação e Tecnologia, presentes em todo o território nacional, e que cada uma seja implementada em pelo menos 20 MPMEs. Os números indicam um potencial de 1.200 MPMEs impactadas. Dentre as tecnologias desenvolvidas podemos citar a instalação de sensores em fábricas, permitindo controle e tomadas de decisão automáticas.

O SENAI será responsável por lançar chamadas públicas para selecionar empresas que queiram apoio para desenvolver as soluções ligadas à Indústria 4.0. Os demais parceiros participarão da definição e priorização dos temas das seleções e farão o monitoramento do acompanhamento físico e financeiro realizado pelo diretório nacional o SENAI.

O BNDES apoiará 50% da iniciativa. O restante será custeado pela ABDI e Ministério da Economia (R$ 5,5 milhões), pelo SENAI (R$ 2,5 milhões) e por empresas privadas (R$ 12 milhões). A aplicação dos recursos será acompanhada por um sistema de gestão financeira do SENAI que já passa por auditoria externa.

Sobre o BNDES – Ao longo de seus 70 anos de história, o BNDES foi o principal instrumento de Governo para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira, além de ser um dos principais financiadores de micro, pequenas e médias empresas do país. O Banco também tem importante atuação anticíclica em momentos de crise, como um dos formuladores das soluções para a retomada do crescimento da economia. Atualmente, o BNDES atua com foco na criação e manutenção de empregos, na melhoria dos serviços públicos do Brasil, como educação, saúde e saneamento, além de apoiar o país na transição justa para uma economia neutra em carbono. O Banco tem como propósito transformar a vida de gerações, promovendo o desenvolvimento sustentável.