BNDES - Agência de Notícias

Fri Oct 18 19:38:51 UTC 2019 Fri Oct 18 19:38:51 UTC 2019

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:18:04 15/07/2019 |AGRICULTURA

Ultima atualização: 18:37 15/07/2019

Pexels
Maioria das aprovações foi em tempo real, graças à plataforma BNDES Online

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou aproximadamente R$ 143 milhões em financiamentos para o Plano Safra 2019/2020 logo no primeiro dia em que esses recursos foram disponibilizados aos produtores rurais, na última quarta-feira, 10. Só nesse dia também houve a aprovação de mais de 1400 operações.

As operações foram intermediadas pela Cresol Baser, Cresol SC, DLL, CNH e John Deere, que são alguns dos 30 agentes financeiros parceiros do BNDES. A maioria destes financiamentos foi avalizada em tempo real, graças à plataforma BNDES Online que hoje já representa 70% das interações entre produtores rurais e instituições repassadoras dos recursos. A expectativa é de que até o fim do atual ano agrícola quase todas estas operações sejam digitais, gerando agilidade e mais segurança para concessão do crédito.

O BNDES destinará R$ 23 bilhões para o Plano Safra 2019/2020, um acréscimo de R$ 700 milhões em comparação ao último ano agrícola encerrado no fim de junho. Os recursos serão aplicados em agricultura empresarial (R$ 19,6 bilhões, com taxas de juros anuais entre 5,25% a 10,5%) e na agricultura familiar (R$ 3,3 bilhões, com taxas entre 0,5% e 4,6% ao ano).

Todas as principais linhas de fomento à agropecuária brasileira (Moderfota, Prodecoop, ABC e Inovagro) tiveram seus orçamentos aumentados. O Pronaf, voltado à agricultura familiar, manteve recursos iguais aos do ano passado (R$ 3,3 bilhões).

Desempenho - O BNDES aprovou mais de R$ 13 bilhões, em 35 mil operações, no Plano Safra 2018/2019 que se encerrou no último dia 30 de junho. No âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), foram aprovados cerca de R$ 3,2 bilhões em mais de 70 mil operações. A procura pelo crédito rural do BNDES foi tão elevada que o orçamento de diversos programas se esgotou antes do fim do ano safra. Mais informações em www.agricultura.gov.br/plano-safra/plano-safra

Com R$ 536 milhões adicionais para o atual ano-safra, BNDES retoma Moderfrota