Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

Thu Jul 29 22:45:26 UTC 2021 Thu Jul 29 22:45:26 UTC 2021

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:08:30 25/01/2021 |INDÚSTRIA

Ultima atualização: 09:20 25/01/2021

Embraer/Divulgação
SkyWest importará aeronaves modelo E175, com capacidade para transportar até 88 passageiros.
  • Empréstimo no valor de aproximadamente R$ 450 milhões viabiliza venda das aeronaves para aérea americana SkyWest Airlines

 

  • Operação teve seguro de crédito da ANPI/AFIC, importante instrumento na diversificação de garantias para o apoio do BNDES às exportações do setor

 

  • Recursos foram desembolsados no Brasil, em reais, para a empresa brasileira, e o financiamento será pago ao Banco em dólares pela importadora

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento com estrutura inovadora para exportação de aviões brasileiros produzidos pela Embraer para a companhia aérea norte-americana SkyWest Airlines.

O empréstimo, no valor total de aproximadamente R$ 450 milhões, foi concedido por meio da linha de crédito BNDES Exim Pós-Embarque e garantido por seguro de crédito denominado Aircraft Non-Payment Insurance (ANPI), fornecido pelo consórcio de seguradoras privadas Aircraft Finance Insurance Consortium (AFIC).

É a primeira vez que o BNDES faz uma operação desta natureza com seguro privado de crédito e a primeira operação da Embraer a contar com a garantia ANPI/AFIC. Trata-se de um marco para a fabricante brasileira e um importante instrumento na diversificação de garantias disponíveis para o apoio do BNDES às exportações do setor.

Nesse tipo de financiamento, os recursos do BNDES são desembolsados no Brasil, em reais, para a empresa exportadora brasileira, a Embraer. O financiamento será pago ao Banco em dólares pela empresa estrangeira compradora dos bens. Isso significa a entrada de divisas no País, a partir do apoio ao desenvolvimento industrial e à exportação de produtos nacionais de alto valor agregado.

A SkyWest importará aeronaves modelo E175, pertencente à primeira família E-jets. O E175 é líder de vendas no seu segmento e tem capacidade para transportar até 88 passageiros. Atualmente há mais de 600 Embraer E175 em operação no mundo, tendo sido um dos modelos menos impactados pela crise mundial causada pela pandemia da Covid-19.

Seguro - A AFIC é um consórcio de seguradoras privadas que oferece seguro de crédito para financiamento de aeronaves (ANPI), com classificação de risco investment grade (com rating de no mínimo “A” segundo a S&P) e cobertura integral do crédito pelo prazo total da operação de financiamento.

O produto tem origem em 2017, nos EUA, a partir de uma parceria entre a Boeing e a Marsh Ltd., com objetivo inicial de atender à demanda do mercado por financiamento às aeronaves de fabricação Boeing, ocupando um espaço deixado pelo US Exim Bank.

Desde o lançamento do produto ANPI/AFIC até meados de 2020, foram realizadas operações com 10 empresas aéreas, 2 empresas de arrendamento mercantil e 21 instituições financeiras privadas, num total de 63 aeronaves Boeing financiadas, em montante aproximado de US$ 5 bilhões.

Também em 2017, a Embraer, buscando diversificar as fontes de financiamento para aquisição de aeronaves por seus clientes, iniciou negociações com a Marsh Ltd. para incluir seus produtos no rol dos ativos passíveis de serem financiados com cobertura do produto AFIC. Após análise, a Marsh Ltd. apresentou-se, ao fim de 2018, apta a apoiar os financiamentos à aquisição de aeronaves da fabricante brasileira.

SkyWest - A SkyWest é um dos maiores e mais tradicionais clientes da Embraer. Sediada em Utah, nos EUA, é a maior operadora mundial do modelo E-175, com 189 aeronaves. Suas subsidiárias já operaram aviões brasileiros de diferentes gerações: EMB-120 (“Brasília”), “família” ERJ-145 e, mais recentemente, E-Jets.

A companhia é hoje o maior grupo de transporte aéreo regional do mundo, tendo embarcado, em 2019, 44 milhões de passageiros em aproximadamente 2.300 voos diários para destinos nos EUA, Canadá, México e Caribe. Os principais clientes da SkyWest são Delta Airlines, United Airlines, American Airlines e Alaska Airlines.

Isso porque empresas aéreas regionais geralmente não vendem serviços diretamente ao consumidor final, usuário do transporte aéreo, e sim a empresas aéreas tradicionais (conhecidas como majors), por meio de contratos denominados Capacity Purchase Agreement (CPA), ou Acordo de Compra de Capacidade.

Embraer – A Embraer é líder mundial no segmento de jatos comerciais com capacidade de até 150 assentos. Grande parte de sua produção de alto valor agregado destina-se ao mercado externo. A companhia possui outras três unidades de negócio: Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Serviços & Suporte.

Exportação - Iniciado em 1997, o apoio do BNDES às exportações da empresa brasileira é importante para prover à Embraer competitividade similar à de suas concorrentes internacionais, que também contam com financiamentos dos bancos de desenvolvimento e agências de crédito à exportação de seus respectivos países. A atuação do Banco contribui para manter o nível de produção e de empregos da empresa, que se destaca pelo elevado conteúdo tecnológico de seus produtos.