Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

Sun Jan 29 12:00:41 CET 2023 Sun Jan 29 12:00:41 CET 2023

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:17:07 26/12/2022 |INDÚSTRIA

Ultima atualização: 17:16 26/12/2022

Intelbras

· Recursos financiarão ampliação da capacidade produtiva, melhorias organizacionais e aquisição de máquinas e equipamentos, além de reforçar o caixa para as atividades da companhia

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 500 milhões por meio da subscrição de debêntures simples, não conversíveis em ações, emitidas pela Intelbras. Os recursos serão utilizados na ampliação da capacidade produtiva da empresa, em melhorias organizacionais e na aquisição de máquinas e equipamentos. O BNDES foi também responsável pela estruturação, coordenação e distribuição da oferta pública das debêntures, tendo atuado como coordenador líder da operação.

Entre os investimentos apoiados estão a construção da fábrica de Tubarão (SC), ampliação das unidades de Manaus (AM) e Santa Rita do Sapucaí (MG) e reformas internas no prédio da matriz em São José (SC). Além do aumento da capacidade produtiva, os recursos financiados pelo BNDES permitirão também a expansão da estrutura necessária para atender o crescimento da companhia.


“O apoio à Intelbras por meio das debêntures se insere na estratégia do BNDES de diversificar sua forma de atuação, trazendo instrumentos que contribuam tanto para o crescimento da indústria nacional de tecnologia, quanto para o fortalecimento do mercado de capitais como plataforma de financiamento aos investimentos no Brasil”, afirma o diretor de Crédito Produtivo e Socioambiental do BNDES, Bruno Aranha.


“A Intelbras tem inovação no DNA e desenvolve soluções tecnológicas que protegem, conectam, aproximam e transformam a vida das pessoas. A parceria com o BNDES é crucial para fomentar o nosso propósito, assegurar os investimentos necessários em inovação e tecnologia, e é uma ação fundamental para apoiar o crescimento sustentável da empresa”, diz o diretor superintendente financeiro da Intelbras, Rafael Boeing.


Fundada em 1976, a Intelbras é referência nos segmentos de segurança, redes e energia, desenvolvendo, produzindo e comercializando mais de 1.300 produtos voltados a esses setores. A empresa tem várias unidades distribuídas pelo País: a matriz e uma filial em São José (SC), além de filiais em Santa Rita do Sapucaí (MG), Manaus (AM), Jaboatão dos Guararapes (PE) e uma ainda em construção em Tubarão (SC). Com mais de 5 mil colaboradores, a companhia exporta para diversos países da América Latina e está entre as melhores empresas para se trabalhar no Brasil há 18 anos.

A empresa mantém parceria com a Qualcomm, fabricante americana de chipset, com o objetivo de licenciar sua tecnologia da quinta geração de serviços móveis (5G). Como primeira parceira da Qualcomm para a linha 5G América Latina, a companhia vai produzir equipamentos e dispositivos da nova geração para operadoras de telecomunicações, provedores de acesso e conteúdo, e, também, ao consumidor. Também merecem destaque os investimentos em montagem de geradores e distribuição de painéis solares e inversores para geração de energia limpa e renovável.