Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

05:16 29 de June de 2022

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:11:49 13/06/2022 |AGRICULTURA

Ultima atualização: 12:06 13/06/2022

- Banco já concedeu R$ 16,6 bilhões aprovados por meio do plano atual a mais de 65 mil agricultores

- Instituição também disponibiliza crédito aos produtores rurais e suas cooperativas por meio de outras linhas como BNDES Crédito Rural

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou aos agentes financeiros nesta sexta-feira (10/06) a reabertura de protocolos e contratações de novas operações de crédito no âmbito dos Programas Agropecuários do Governo Federal (PAGFs). A reabertura, autorizada pela Secretaria do Tesouro Nacional, prevê mais R$ 1,9 bilhão em apoio à agricultura familiar e à empresarial para investimento em suas mais diversas finalidades, tais como projetos de ampliação e modernização da produção, aquisição de máquinas e equipamentos, sustentabilidade e inovação.

Conforme autorizado pela Secretaria do Tesouro Nacional, foram reabertas as seguintes linhas:

-  ABC, voltada para redução do impacto ambiental com estímulo à agricultura de baixo carbono;

- Inovagro, para incorporação de inovações tecnológicas nas propriedades rurais, visando ao aumento da produtividade e melhoria de gestão;

- Moderagro, para projetos de modernização e expansão da produtividade, e ações voltadas à recuperação do solo e à defesa animal;

- Procap Agro Giro, que visa a atender as necessidades imediatas operacionais das cooperativas;

- Pronamp, para custeio e investimentos dos médios produtores rurais;

- Proirriga, para o desenvolvimento da agropecuária irrigada sustentável, bem como para o incentivo à utilização de estruturas de produção em ambiente protegido e para a proteção da fruticultura em climas temperados contra a incidência de granizo; e  

- Pronaf, direcionado a agricultores familiares para investimento e custeio no campo.

O BNDES é um grande apoiador do setor agropecuário e seus recursos chegam aos produtores rurais e suas cooperativas por meio de agentes financeiros parceiros. No Plano Safra 2021/2022 já são R$ 16,6 bilhões a 65.656 agricultores, aprovados por meio de 26 agentes financeiros, dentre agências de fomento, cooperativas de crédito, bancos cooperativos, bancos privados, bancos de montadoras e bancos públicos. Esse modelo de operação permite uma distribuição descentralizada de recursos por todo o país, facilitando o desenvolvimento da política pública de apoio à agropecuária.

Mesmo durante a suspensão do Plano Safra, o BNDES permaneceu disponibilizando crédito aos produtores rurais e cooperativas por meio de outras soluções próprias, como o Programa BNDES Crédito Rural, que garante perenidade na oferta de recursos ao setor. Durante o Plano Safra 2021/2022, foram aprovados R$ 3 bilhões no âmbito deste programa que, desde seu lançamento em 2020, alcançou cerca de R$ 7 bilhões, distribuídos em mais de 17 mil operações.