BNDES - Agência de Notícias

18:00 26 de Fevereiro de 2020

Por: Agência BNDES de Notícias

Publicação:18:37 17/12/2018 |CULTURA |SUDESTE

Ultima atualização: 18:48 17/12/2018

Divulgação/IED

O conjunto arquitetônico do antigo Cassino da Urca, no Rio de Janeiro, que abrigou a TV Tupi entre 1954 e 1980, será restaurado e readequado para receber um Centro de Inovação em Design e Economia Criativa sob gestão do Instituto Europeo di Design – Brasil (IED-Rio). Com investimento total de R$ 21,4 milhões, o projeto conta com apoio não reembolsável no valor de R$ 11,4 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no âmbito da Lei Rouanet.

Entre os itens previstos estão o desenvolvimento dos projetos executivos e complementares da obra; restauro de todas as partes tombadas do imóvel: fachadas, teatro e foyer; reforma e conclusão de todos os pavimentos do prédio maior; instalação de infraestrutura completa e instalações prediais necessárias ao funcionamento do prédio, tais como a passarela de conexão entre os dois prédios.

Aberto ao público, o Centro de Inovação em Design e Economia Criativa, abrigará um laboratório (IED LAB RIO), consultoria e atividades culturais gratuitas (exposições, teatro, música, cinema, desfiles, eventos, seminários e palestras). O centro será um espaço moderno de exibição de design e outras iniciativas culturais, voltado para pesquisas. Inspirado em iniciativas similares já realizadas pelo IED, a proposta é criar um grande laboratório aberto, um ambiente favorável à criação de startups, permitindo testar ideias antes de lançar projetos ao mercado.

No IED LAB RIO serão desenvolvidas atividades em sustentabilidade e cidades inteligentes; artesanato; design de alimentos e agrobusiness; design de experiência e serviço; moda; e, entretenimento.

 

hall_cassino_IED

 

Reprodução do projeto do Hall do futuro centro de inovação em design e economia criativa (Crédito: IED)