BNDES - Agência de Notícias

Sun Dec 08 06:35:27 UTC 2019 Sun Dec 08 06:35:27 UTC 2019

Blog do Desenvolvimento

Como os objetivos do desenvolvimento sustentável podem ajudar os negócios das empresas?

 

Em setembro de 2015, na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), os 193 Estados-membros da organização reconheceram que a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, incluindo a pobreza extrema, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável.

Assim, todos os países comprometeram-se a tomar medidas transformadoras para promover o desenvolvimento sustentável nos próximos 15 anos, por meio da Agenda 2030, um plano de ação que indica 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) com o intuito de erradicar a pobreza e promover uma vida digna para todos. Cada um desses objetivos subdivide-se em 169 metas específicas, que propõem esforços concretos para o cumprimento da agenda.

Os objetivos e suas metas configuram um arcabouço metodológico e conceitual para a estratégia de desenvolvimento, seja em nível global, nacional, subnacional ou, ainda, empresarial, traduzindo-se numa linguagem comum para as diferentes dimensões que concernem o desenvolvimento sustentável.

  

As oportunidades dos ODS para as empresas

 

Os ODS foram acordados pelos Estados, mas seu sucesso depende também de ações e colaboração de outros setores, como as empresas e a sociedade civil.

Para as empresas, os ODS representam enormes oportunidades, na medida em que podem ajudar na conexão de estratégias comerciais com prioridades globais. Alguns dos benefícios que podem ser alcançados pelas companhias ao utilizar os ODS como referência são:

  • Identificar oportunidades futuras de negócios: utilizar os desafios que representam os ODS para entregar soluções inovadoras e mudanças transformadoras;
  • Valorizar a sustentabilidade corporativa: empregar recursos de forma eficiente e encontrar alternativas mais sustentáveis, tendo em vista as externalidades e impactos projetados pelos ODS;
  • Fortalecer as relações com as partes interessadas: diminuir riscos legais e de reputação ao alinhar prioridades às expectativas das partes interessadas, refletidas pelos ODS;
  • Investir em um ambiente propício aos negócios: participar de um ambiente que busca o alcance dos ODS, como mercados regulamentados, sistemas financeiros transparentes e economias eficientemente administradas e íntegras;
  • Utilizar uma linguagem comum: comunicar o impacto e o desempenho da empresa de forma consistente e efetiva, ao utilizar uma estrutura comum de linguagem.

Essas e outras informações podem ser encontradas no Guia dos ODS para as empresas, desenvolvido pelo Global Reporting Initiative (GRI), a UN Global Compact e a World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) para ajudar as empresas a implementar os ODS em suas estratégias de negócio, além de medir e administrar suas contribuições para os objetivos. O guia foi traduzido para o português pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), pelo GRI e pela Rede Brasileira do Pacto Global.

 

Os ODS no BNDES

Sendo o desenvolvimento do Brasil o objetivo último da atuação do Banco, os ODS são parte fundamental de sua estratégia corporativa. Em 2018, foi iniciado um esforço interno de identificação das metas do ODS para os quais o BNDES pode contribuir e o potencial de contribuição para cada uma delas.

Um dos resultados desse esforço foi o mapeamento dos desembolsos do Banco por ODS selecionados, de modo a permitir melhor compreensão de como as atividades do BNDES no Brasil contribui para os objetivos mundiais de desenvolvimento sustentável. Os dados são apresentados em um mapa interativo e podem ser acessados aqui.

 

 

Conteúdos relacionados

 

Como o BNDES contribui para mudar a situação do saneamento no país

 

Startups a serviço da saúde

 

Estudo analisa mudanças na escolaridade dos brasileiros

 

Mensuração de impacto: os casos do Banco Mundial e do BNDES

  

OCDE destaca importância de bancos de desenvolvimento para a economia verde

 

Relatório Anual Integrado 2018

 

* campo obrigatório