Aviso: Utilizamos dados pessoais, cookies e tecnologias semelhantes de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BNDES - Agência de Notícias

21:37 20 de May de 2022

Blog do Desenvolvimento

Reflorestamento contribui diretamente para captura de carbono e biodiversidade

 

O segundo estudo da série #Por um futuro sustentável fala sobre o papel das ações de reflorestamento, especialmente a partir de espécies nativas, para mitigação das mudanças climáticas.

 

A análise destaca que, embora ainda pouco desenvolvidas no país, as atividades de recuperação de florestas nativas têm diversos impactos positivos, contribuindo diretamente captura de CO2 e para conservação da biodiversidade, por exemplo. Incentivar a restauração florestal é necessário também para que o país alcance o compromisso assumido no Acordo de Paris, de recuperar 12 milhões de hectares de florestas até 2030.

 

#POR UM FUTURO SUSTENTAVEL - BNDES-REFLORESTAMENTO

Desde 2008, o BNDES vem apoiando projetos de reflorestamento por meio de diferentes soluções – a exemplo da Iniciativa BNDES Mata Atlântica, do Programa Fundo Clima e de outras linhas voltadas ao tema. Com isso, apenas no período 2015-2020, o Banco apoiou a restauração de 2.283 hectares de florestas nativas, que representam a captura de 455,6 mil toneladas de CO2 equivalentes.

 

Baixe o estudo completo e saiba mais sobre como o BNDES vem trabalhando por um futuro sustentável

 

Acesse também a versão em inglês

   

Conteúdos relacionados

 

Estudo destaca papel das energias renováveis na agenda do clima

 

Infográfico: como funciona o manejo florestal sustentável?

 

6 perguntas sobre concessão florestal

 

Florestas brasileiras: preservação, manejo sustentável e concessão

 

 

 

*campo obrigatório